Um em cada quatro candidatos a prefeito nas capitais brasileiras não terá tempo de TV

Um em cada quatro candidatos a prefeito nas capitais do País (23% do total) não terá tempo de TV. Os Tribunais Regionais Eleitorais definiram os tempos e as ordens de veiculação dos programas dos candidatos a prefeito das capitais na televisão e no rádio.

Ao todo, 73 candidatos não terão direito a aparecer no horário eleitoral gratuito nestas eleições municipais. A propaganda eleitoral no rádio e na TV começa nesta sexta-feira (09) e vai até 12 de novembro.

O recordista em tempo deve ser o candidato a prefeito de Salvador (BA) Bruno Reis (DEM), com quatro minutos e 35 segundos. É ele quem detém a maior coligação entre todas as capitais. Logo atrás, aparece Josiel Alcolumbre (DEM), de Macapá (AP). Eles são os únicos que terão um tempo superior a quatro minutos.

Já o candidato com menor tempo entre os que aparecerão no horário eleitoral é Paulo Henrique Grando (Novo), postulante a prefeito de Cuiabá (MT). Ele terá apenas sete segundos.

Comentários