Um torcedor que passou a mão nas nádegas de uma mulher na Arena do Grêmio terá que se apresentar a uma delegacia durante os próximos 12 jogos do time gaúcho

Um torcedor do Grêmio terá de se apresentar a uma delegacia de Passo Fundo durante os próximos 12 jogos do clube por passar a mão nas nádegas de uma mulher – ato enquadrado como importunação ofensiva ao pudor – na Arena, durante o jogo contra o Cerro Porteño, na noite de terça-feira (1º). A decisão é do Juizado do Torcedor e Grandes Eventos.

Outras cinco ocorrências foram recebidas na unidade jurisdicional localizada no estádio durante a partida pela Copa Libertadores da América. Mais de 44 mil pessoas compareceram à Arena. Todas as audiências foram presididas pelo juiz Marco Aurélio Martins Xavier.

Em um caso envolvendo três torcedores que ingressaram nas arquibancadas sem ingresso, um deles aceitou a transação penal de proibição de ir a campo por dez jogos, com presença em delegacia. Sem que se pudesse apurar os antecedentes dos demais, uma solução foi adiada para audiência em junho.

Em registro de violência, um torcedor foi flagrado por policiais jogando um objeto não foi identificado contra um ônibus de apoiadores do time paraguaio. Na abordagem policial, ele resistiu. O acusado pegou quatro jogos de suspensão dos estádios. Outro homem foi punido com oito jogos, também por desacato e resistência.  As penas exigem apresentação em delegacia.

Ainda houve duas ocorrências por posse de entorpecentes (maconha e cocaína), resultando em transação penal para os dois envolvidos prevendo comparecimento a oito sessões de ajuda a narcóticos e afastamento de dois jogos do Tricolor.

Juizado do Torcedor e Grandes Eventos

Desde 2008, o juizado é o centro responsável pelo atendimento de contravenções penais de menor potencial ofensivo que tenham ocorrido nos estádios de futebol de Porto Alegre. No caso dos grandes eventos, atende crimes em geral, com algumas exceções (como por exemplo homicídio e flagrante), que são processados pela Justiça comum.

Goleada

O Grêmio “atropelou” em casa o Cerro Porteño, vencendo o duelo por 5 a 0. A partida, válida pela quarta rodada da primeira fase da Libertadores, deixou o Tricolor na liderança do Grupo 1, com oito pontos.

O placar foi construído com gols de Everton (aos 27 minutos do primeiro tempo), Ramiro (30 minutos), Jael (aos 4 minutos da etapa complementar), novamente Everton (26 minutos) e Cícero (36 minutos).

A escalação do técnico Renato Portaluppi teve força total: Marcelo Grohe, Pedro Geromel, Kannemann, Léo Moura, Bruno Cortez, Maicon (Cícero), Arthur, Ramiro (Alisson), Luan, Everton e Jael (Thonny Anderson).

Já os visitantes, sob o comando de Luis Zubeldía, colocaram em campo Antony Silva, Raúl Cáceres, Marcos Cáceres, Juan Escobar, Marcelo Palau (Marcos Acosta), Rodrigo Rojas, Hernán Novick, Willian Candia, Jorge Rojas, Diego Churín e Santiago Arzamendia.

Comentários