Uma cerimônia marcou o início das obras de ampliação do aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre

A Fraport Brasil-Porto Alegre lançou, na manhã desta quinta-feira (22), a pedra fundamental das obras de expansão do Aeroporto Internacional Salgado Filho (ou Porto Alegre Airport, marca usada pela empresa alemã). Oficialmente iniciadas, as obras consistem na expansão do Terminal 1 e da pista de pouso e decolagem, na adequação das vias de taxiamento e em melhorias no sistema de drenagem do aeroporto.

As obras são executadas pelo consórcio HTB, Tedesco e Barbosa Mello, contratado em janeiro deste ano pela Fraport. O contrato é na modalidade EPC (Engineering, Procurement and Construction), que determina que o consórcio é responsável por todas as etapas das obras, desde o projeto até a entrega final. As licenças ambientais já foram emitidas pelos órgãos reguladores.

A previsão é gerar até 700 novos empregos. A expectativa é concluir a expansão do terminal até outubro de 2019. A pista, que tem hoje 2.280 metros de comprimento, ganhará mais 920 metros, até 2021. Nessa etapa da obra (Fase 1B), serão investidos cerca de R$ 1,5 bilhão. O valor contempla a contratação do consórcio, a compra de equipamentos, o desenvolvimento e a gestão do projeto.

O governador José Ivo Sartori afirmou que o ato “materializa o começo de uma nova realidade, muito esperada. Os benefícios são incontáveis. Podemos dizer que estamos diante de um dos cinco investimentos mais significativos para a economia do Rio Grande do Sul na última década. Não estamos falando somente do montante de recursos financeiros, mas, principalmente, do efeito multiplicador de benefícios para a nossa economia em termo de logística, geração de emprego, atração de turismo e negócios”, enfatizou.

A CEO da Fraport Brasil-Porto Alegre, Andreea Pal, afirmou que passageiros e parceiros de negócios serão beneficiados diretamente por um terminal maior e mais confortável e por uma infraestrutura de ‘airside’ que atenda aos requisitos de segurança internacionais. “Nossa meta é criar um portal aeroportuário moderno, eficiente e focado no cliente. Nossa experiente equipe local está trabalhando para oferecer o nível mais alto de qualidade em serviços, operação e segurança”, afirmou. Pal agradeceu o suporte da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), do governo do Estado e da prefeitura de Porto Alegre.

O presidente do Grupo HTB, Detlef Dralle, enfatizou que o consórcio “vai mostrar mais um exemplo do Brasil que dá certo”, garantindo entregar as obras contratadas “no prazo, dentro do orçamento e com qualidade”.

O prefeito de Porto Alegre, Nelson Marchezan Júnior, afirmou que parcerias com a iniciativa privada “trazem agilidade aos projetos”. Marchezan informou que a prefeitura está acompanhando o processo de remoção das famílias das áreas do entorno da pista do aeroporto.

Sobre a Fraport

Fraport Brasil-Porto Alegre e Fraport Brasil-Fortaleza são subsidiárias da Fraport AG Frankfurt Airport Services Worldwide, uma das empresas líderes no mercado global de aeroportos, que oferece uma gama completa de serviços de gerenciamento e consultoria.

As empresas foram estabelecidas no País quando Fraport AG conquistou, via licitação internacional do governo federal, a concessão dos aeroportos de Fortaleza e Porto Alegre pelos próximos 30 e 25 anos, respectivamente.

Proprietária e operadora do aeroporto de Frankfurt, maior aeroporto da Alemanha, com mais de 64 milhões de passageiros por ano, a Fraport AG opera em 30 aeroportos pelo mundo.

A Fraport AG arrematou o Aeroporto Internacional Salgado Filho por R$ 382 milhões, dos quais R$ 290,5 milhões foram pagos no ato da concessão ao governo federal.

Comentários