União Européia aceita adiar Brexit até janeiro de 2020


A data divulgada nesta segunda-feira é flexível. (Foto: Reprodução)

A UE (União Europeia) concordou em adiar a saída do Reino Unido do bloco para 31 de janeiro de 2020, anunciou nesta segunda-feira (28) o presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk. Segundo ele, a decisão deverá ser formalizada por escrito.

O bloco aguarda a aprovação da proposta pelos britânicos. Uma vez que isso aconteça, membros do grupo europeu terão 24 horas para apresentar objeções antes que o acordo entre em vigor.

A União Europeia já havia concordado, na sexta-feira (25), com uma solicitação do governo britânico de adiar o Brexit, mas o novo prazo não havia sido estabelecido. Antes dessa nova concessão, a previsão era de que o país deixasse a União Europeia na quinta-feira (31). O premiê britânico, Boris Johnson, precisou pedir uma extensão desse prazo, entretanto, porque o Parlamento não aprovou um acordo para o Brexit.

A data divulgada nesta segunda-feira é flexível. Se os parlamentares britânicos conseguirem aprovar um acordo para sair do bloco antes de 31 de janeiro, o Reino Unido poderá deixar a União Europeia mais cedo – em 1º de dezembro de 2019 ou 1º de janeiro, segundo o jornal britânico The Guardian.

Comentários