Usina, agora o abrigo sustentável das artes

Centro Cultural Usina do Gasômetro, de Porto Alegre, passará por revitalização. (Foto: Arquivo/Chiaki/Folha Imagem)

Imagem indissociável de Porto Alegre, ponto de encontro de todas as tribos e abrigo de quem produz e consome cultura e arte, a Usina do Gasômetro teve aprovado, neste 2016, seu projeto arquitetônico para recuperação. Em breve, começa a se delinear, no prédio inaugurado em 1928 para dar mais luz à cidade, um novo Centro Cultural que conterá também melhorias sugeridas em mais de um encontro que a Secretaria da Cultura promoveu com a comunidade.

Qualquer revitalização de uma construção histórica que não foi erguida para o uso a que terminou sendo destinada, gera cuidados extras. No caso da Usina, tais cuidados se estendem, sobretudo, ao destino dos grupos que ali se abrigam para ensaiar e produzir espetáculos através do projeto Usina das Artes. Estes grupos, de dança e teatro, não tiveram nem terão suas ações interrompidas. Isso porque, para a SMC, a Usina é a própria arte: diversificada, democrática, ininterrupta.

Da oficina de papel aos espaços para exposição, tudo se contempla na Usina que já chamou para si também a quase centenária Banda Municipal, que ali encontrou seu lugar definitivo para ensaios, e a Fundacred, ex-Pinacoteca Aplub, cujo acervo poderá finalmente ser visto pelo público quando ocupar sua galeria.

As mudanças que se processarão no local têm ainda um outro grande objetivo além da readequação espacial: otimizar o uso sustentável permanente do local. A nova Usina terá uma administração capaz de gerar recursos que poderão mantê-la funcionando sem uso de verbas públicas. Para isso, a Cooperativa Andina de Fomento (CAF), que aprovou o financiamento da obra (R$ 3 milhões), propôs também financiar um projeto de gestão e sustentabilidade escolhido entre os apresentados por entidades brasileiras com expertise neste tipo de prestação de serviço. E

selecionou, então, a Organização Social (OS) mineira Odeon, a quem caberá sugerir um modelo de gestão para a instituição cuja administração em si será objeto de outro processo de licitação pública.

A Secretaria da Cultura de Porto Alegre vê o encaminhamento da revitalização do Centro Cultural Usina do Gasômetro como um legado importante desta gestão. Para nós, deixar pronto este pacote de ações que, concluídas, darão o devido reconhecimento à Usina, inclusive pela importância internacional que ela tem como memória cultural de uma comunidade, traz uma sensação de dever cumprido. (Secretário da Cultura de Porto Alegre, Roque Jacoby)

Comentários

839 Comentários

Adicione um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.