Vigilância epidemiológica de Porto Alegre alerta sobre suspeita de circulação da variante do coronavírus

Técnicos vistoriam os hospitais Vila Nova e Clínicas para avaliar as medidas empregadas para prevenir a disseminação da P1. (Foto: Robson da Silveira SMS/PMPA)

Profissionais de saúde de Porto Alegre foram informados, mediante emissão de Alerta Epidemiológico na sexta-feira, (12), sobre a suspeita de circulação da nova VOC (variante de Atenção) do coronavírus na cidade, informou a prefeitura nesta segunda-feira (15).

No documento, técnicos da SMS (Secretaria Municipal de Saúde) que atuam na EVDT (Equipe de Vigilância de Doenças Transmissíveis) enfatizam a importância de profissionais de saúde estarem atentos para atendimento de pacientes com sintomas compatíveis com Covid-19 que sejam provenientes de regiões que possuem transmissão comunitária de Variantes de Atenção do Sars-Cov-2.

As áreas informadas são Reino Unido (VOC 202012/01), África do Sul (501Y.V2) e região Norte do Brasil, onde, desde o início de fevereiro, alguns estados já possuem transmissão comunitária da Variante de Atenção P.1. Pacientes suspeitos de infecção pela Variante de Atenção – e todos os seus contatos próximos – devem ser orientados quanto à importância de cumprir isolamento durante todo o período de transmissão viral.

Vistoria

Nesta semana, técnicos do Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde de Porto Alegre e da Equipe de Vigilância de Serviços de Interesse à Saúde da SMS visitam os hospitais Vila Nova e Clínicas para realizar vistoria com o objetivo de avaliar as medidas que estão sendo empregadas pelos serviços para prevenir a disseminação intra hospitalar da P1. Os dois hospitais têm, entre os pacientes, pessoas residentes no Norte do Brasil, que foram enviadas para continuidade do tratamento em Porto Alegre.

Comentários