Violência no Litoral Norte: adolescente grávida morre e oito ficam feridos após série de tumultos

Centrinho de Atlândida, onde houve briga generalizada na madrugada deste domingo. (Foto: BM/Divulgação)

O final de semana de Carnaval foi marcado pela violência no Litoral Norte. Uma adolescente morreu e outras oito pessoas ficaram feridas após brigas em Magistério, Atlântida Sul e Capão da Canoa.

No caso mais grave, registrado na praia de Magistério, a adolescente Bruna de Oliveira da Silva, de 14 anos, grávida de sete meses, morreu na madrugada deste domingo (26), ao ser atingida por bala perdida. Ela festejava o carnaval com familiares, quando dois homens começaram a trocar tiros, situação que causou pânico entre a multidão que estava na rua Luciana de Abreu, a via principal do balneário. Outras duas mulheres também foram feridas e encaminhadas ao hospital de Tramandaí. Os autores dos disparos não foram localizados.

Na praia de Atlântida Sul, houve uma briga generalizada também na madrugada de hoje, segundo informações da Brigada Militar de Osório. Um casal armado com facas feriram três pessoas e um homem armado disparou contra a multidão. Uma mulher que estava sentada na calçada da rua Saquarema foi atingida em um dos pés. Todos os agressores foram detidos.

No sábado (25), em Capão da Canoa, dois vendedores ambulantes se esfaquearam após uma briga pela localização do ponto de venda. Dois carros também foram incendiados. Uma mulher que estava com um dos ambulantes ateou fogo no carro do rival, que acabou atingindo um segundo veículo de uma pessoa que nada tinha a ver com a confusão.

Comentários

Comentários

Adicione um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.