“Vocês roubaram meus sonhos”, discursa Greta Thunberg em Cúpula do Clima da ONU


Greta tem mobilizado milhares de pessoas ao redor do mundo. (Foto: Reprodução Twitter @NAOKAHLO)

A ativista sueca de 16 anos, Greta Thunberg, discursou na Cúpula do Clima da ONU, em Nova York. O encontro convocado pelo secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, ocorre em meio à pressão da juventude mundial por mudanças no tratamento dos países em relação aos cuidados com o clima e o meio ambiente.

“Vocês roubaram meus sonhos e minha infância com suas palavras vazias”, disse Greta em discurso. A ativista também responsabilizou os adultos por não fazerem o bastante para proteger o meio ambiente. “Eu não deveria estar aqui, deveria estar na escola, do outro lado do oceano”, acrescentou, com a voz trêmula, ao ler seu discurso. “Mas os jovens estão começando a entender a traição de vocês.”

Greta disse ainda que a mudança está vindo. E, se depender dela, está mesmo. Greta é considerada inspiradora de um movimento de estudantes que realizou, na última sexta-feira (20), a terceira greve global pelo clima, que teve participação de mais de 150 países. Os jovens reivindicaram o fim da utilização de energias fósseis e a redução acelerada dos níveis de gases de efeito estufa.

Em 2018, Greta decidiu faltar à escola e protestar sozinha em frente ao Parlamento sueco contra a crise climática. Isso se repetiu durante mais de um ano. O ato da adolescente emocionou e inspirou outros jovens ao redor do mundo, que aderiram ao que ficou conhecido como “Fridays For Future”. Nesta segunda (23), cerca de 60 líderes se reuniram na cúpula do clima na ONU.

Comentários