Domingo, 23 de Junho de 2024

Home Geral 17 agências da Caixa estarão abertas neste domingo no RS para liberação de benefícios

Compartilhe esta notícia:

A Caixa Econômica Federal e o governo federal estão realizando ações de investimento e de apoio ao Rio Grande do Sul por meio da liberação do Saque Calamidade do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) e da antecipação de diversos benefícios sociais pagos pelo banco. Para viabilizar o recebimento desses recursos, 17 agências foram abertas nesse sábado (18) e serão abertas também neste domingo (19).

Sete delas abrirão em Porto Alegre e as outras 10 nos municípios de Canoas, Sapucaia do Sul, São Leopoldo, Gravataí, Eldorado do Sul, Montenegro, Tramandaí, Lajeado, Viamão e Novo Hamburgo. O caminhão-agência instalado no município de Montenegro também irá abrir neste fim de semana.

O foco da ação será o atendimento social, em especial no auxílio aos trabalhadores para recebimento do Saque Calamidade do FGTS, liberado em 106 municípios do Estado. Além disso, os moradores poderão receber nessas agências as principais informações e serviços do banco relacionados ao Bolsa Família, Abono Salarial do PIS, solicitação de pausa nos contratos habitacionais por até seis meses, entre outras medidas já anunciadas pela Caixa para o Rio Grande do Sul.

Confira abaixo a relação de agências abertas no RS:

– Porto Alegre: agências Assis Brasil, Jardim Planalto, Azenha, Bom Fim, Partenon, Juca Batista e Restinga;

– Canoas: Ag. Canoas;

– Sapucaia do Sul: Ag. Sapucaia do Sul;

– São Leopoldo: Ag. Avenida João Corrêa;

– Gravataí: Ag Gravataí;

– Eldorado do Sul: Ag de Guaíba;

– Montenegro: Ag Montenegro;

– Tramandaí: Ag. Tramandaí;

– Lajeado: Ag. Lajeado;

– Viamão: Ag. Viamão;

– Novo Hamburgo: Ag. Novo Hamburgo;

– Caminhão-Agência: Montenegro: Rua José Luís, esquina com Rua Ramiro Barcelos, 1436 Centro.

Critérios

– Para ter acesso ao recurso do Saque Calamidade do FGTS, é necessário que o trabalhador possua saldo na conta do FGTS. Conforme o Decreto nº 12.016, de 7 de maio, não há mais prazo mínimo de 12 meses entre o último e o novo Saque Calamidade para os residentes em municípios habilitados do Rio Grande do Sul no mês de maio.

– O valor máximo para retirada é de R$ 6.220 por conta vinculada, desde que haja saldo compatível da conta.

– A solicitação é realizada de forma fácil e rápida pelo aplicativo “FGTS” (opção “Saques”), sem a necessidade de comparecer a uma agência bancária. Ao registrar a solicitação é possível indicar uma conta da Caixa (inclusive a poupança digital Caixa Tem) ou de outra instituição financeira para receber os valores, sem custo operacional.

Documentação

– Carteira de Identidade ou de habilitação ou passaporte.

– Selfie (foto de rosto) com o mesmo documento de identificação aparecendo na foto;

– Comprovante de residência em nome do trabalhador: conta de luz, água, telefone, gás, fatura de internet e/ou TV, fatura de cartão de crédito, entre outros) emitido até 120 dias antes da decretação de calamidade.

– Certidão de Casamento ou Escritura Pública de União Estável, caso o comprovante de residência esteja em nome de cônjuge ou companheiro(a).

– Para as solicitações de saque por trabalhadores gaúchos, a indisponibilidade de comprovante de endereço pode ser contornada com uma declaração de próprio punho, sujeita a validação pela Caixa em cadastros oficiais.

– Não sendo possível a validação, o cidadão deve apresentar uma declaração da prefeitura de sua cidade, atestando A residência em área afetada.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Geral

Rio Grande do Sul recebe ajuda humanitária internacional de especialistas em crises humanitárias e catástrofes
Atividades serão retomadas em 22 escolas da rede municipal de Porto Alegre nesta segunda-feira
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa News