Quarta-feira, 17 de Julho de 2024

Home Porto Alegre 26º Parada Livre de Porto Alegre ocorrerá no Dia Internacional dos Direitos Humanos

Compartilhe esta notícia:

A 26ª edição da Parada Livre de Porto Alegre será realizada neste domingo (10), dia Internacional dos Direitos Humanos. O evento terá início às 12h no Parque da Redenção, em Porto Alegre. O tema desta edição é “TRANSgredir e TRANSar direitos para todes”. Segundo a organização, a temática leva em consideração o crescimento, a nível mundial, de um discurso e de uma agenda antitrans.

Dados analisados pela ONG Transgender Europe demonstram que o Brasil segue sendo o país que mais mata pessoas trans no mundo. As organizações da sociedade civil que planejam e constroem a Parada Livre destacam, em nota conjunta, que “de olho nos obstáculos que materializam a homotransfobia nos cotidianos de nossas existências, construímos coletivamente um posicionamento que nos fortaleça de maneira democrática e livre. Assim, nossos temas se conectam, refletindo e impulsionando a história, em motes que refletem nossas vivências e possam representar nossa voz.”

O evento contará com apresentações de artistas locais e diferentes serviços e ações, articulados entre organizações da sociedade civil e poder público, para promoção da cidadania de pessoas LGBTQIAPN+ na chamada Rua dos Direitos. A Defensoria Pública do RS, o Instituto Geral de Perícias, a Secretaria Municipal de Saúde e a Ouvidoria da Defensoria Pública estarão presentes com quiosques, tendas e gazebos. A partir das 16h, ocorre a tradicional marcha da parada, que dá a volta no parque.

A 26º Parada Livre de Porto Alegre, que é o segundo evento do gênero mais antigo no país, é organizada por 20 entidades da sociedade civil. São elas: Nuances, Igualdade, Somos, Outra Visão, G8 – Saju/UFRGS, Juntos LGBT, Mães pela Diversidade, Escoteiros do RS, Homens Trans em Ação, Coletivo Amora, Núcleo de Diversidade do Sintrajufe/RS (Nuds), CaescUFRGS, Instituto Teia – Direitos Humanos, Transenem, Rede LésBi, Rede Nacional de Pessoas Vivendo com HIV/Aids – RS, Homens Negros Trans e Transmasculines em Diáspora, MQ Colorido, Coletivo Moradia LGBTQIAPN+ RS e Acarmo LGBT Negritude.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Porto Alegre

Prefeitura irá adquirir equipamentos para monitorar a qualidade do ar de Porto Alegre
Unidade móvel de saúde de Porto Alegre atende moradores do bairro Vila João Pessoa nesta terça
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Show de Notícias