Terça-feira, 16 de Abril de 2024

Home Flávio Pereira Aliados de Eduardo Leite declaram apoio à candidatura Lula/Alckmin

Compartilhe esta notícia:

Grupos de apoiadores de Eduardo Leite na prévia do PSDB, na qual o ex-governador gaúcho foi derrotado por João Dória, começam a se movimentar na direção do apoio à chapa Lula-Alckmin já no primeiro turno. O movimento é coordenado pelo ex-deputado Giuseppe Vecci, membro da executiva nacional do partido e vice-presidente do PSDB em Goiás. Além dele, o ex-governador e também ex-tucano José Eliton, hoje no PSB, auxiliou na costura pelo acordo. Também foi anunciado apoio de Rodrigo Rizzo, presidente do PSDB Jovem de Goiás, e Aava Santiago, vereadora do PSDB, presidente do PSDB Metropolitano de Goiânia e candidata a deputada federal. O PSDB de Goiás, em nota na sua conta oficial do Twitter, não comenta diretamente o apoio presidencial e anuncia que “Estamos focados na eleição de Marconi Perillo ao senado e de nossos candidatos à Assembleia Legislativa e Câmara dos Deputados”. O anúncio dos apoios tucanos acontecem no momento em que Geraldo Alckmin inicia viagem a Goiás e Mato Grosso como parte de uma incursão do político pelo Centro-Oeste para abrir um dialogo com lideres do agronegócio.

Ciro Gomes sobre apoio a Lula: “Não faço campanha junto de bandido”

O PT e seus aliados tentam fechar o cerco para fazer o candidato do PDT Ciro Gomes desistir e anunciar seu apoio ao ex-presidiário Lula. Ontem, supostos intelectuais da Argentina, Venezuela e Colômbia, defensores dos governos de esquerda que estão empobrecendo estes países, emitiram uma carta apelando para que Ciro Gomes desista da candidatura. A resposta de Ciro Gomes foi dura: “Não faço campanha junto de bandido. Isso eu não faço, não há a menor chance”, diz Ciro Gomes.

Bolsonaro determina que ministérios criem estrutura para acolher padres e freiras perseguidos na Nicarágua

O presidente Jair Bolsonaro orientou ontem aos ministérios da Defesa, da Justiça e das Relações Exteriores, a adotarem providências para que o Brasil possa acolher e conceder asilo aos religiosos, bispos, padres e freiras que vêm sendo perseguidos pela ditadura na Nicarágua. Segundo Bolsonaro, “É essencial garantir que todos tenham o direito de professar e praticar livremente sua orientação religiosa, sem discriminação. O Brasil não assistirá de braços cruzados a mais um episódio dessa perseguição diabólica contra cristãos promovida pela ditadura socialista da Nicarágua. Estamos prontos para acolher padres e freiras perseguidos, facilitando ainda mais seu ingresso e instalação em nosso país”.

Representação pede que MPF investigue possível ato de improbidade de Eduardo Leite

Deu entrada ontem, na Procuradoria da República do Rio Grande do Sul, uma representação subscrita pelo advogado Felipe Pedri contra o ex-governador Eduardo Leite, apontando, com base em dados contidos na proposta orçamentária, fatos que indicam o possível cometimento do crime de improbidade administrativa, como a redução da oferta de vagas no ensino estadual, e a queda do número de alunos matriculados no EJA. Na representação, fica demonstrado o uso indevido de R$ 4,4 bilhões do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica) em 2021, sem cumprir o mínimo constitucional. O documento aponta que dos R$ 11,2 bilhões para a educação, foram desviados para outras finalidades, R$ 4.3 bilhões em 2021. Destes, R$ 1,2 bilhão do Fundeb, foram retirados para outras finalidades. Outros R$ 3,1 bilhões foram retirados, para equilibrar o déficit previdenciário, embora no texto da proposta orçamentária de 2022 fique claro que uma das regras do novo Fundeb é vedação do uso dos recursos do fundo para pagamento de fundos e pensões.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Flávio Pereira

Agora, TSE censura imagens de Bolsonaro em Londres e na ONU
Justiça Federal do RS recebe denúncia contra senador Davi Alcolumbre por “rachadinha”
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde