Segunda-feira, 16 de Maio de 2022

Home Tecnologia Aplicativo Tinder quer incentivar que as pessoas se conheçam pela personalidade, e não por fotos

Compartilhe esta notícia:

O Tinder pretende ressuscitar a ideia dos encontros às cegas (blind date) por meio de um novo recurso lançado no aplicativo. A ideia é juntar duas pessoas que nunca se viram para conversarem antes de um ver o perfil do outro.

O objetivo desse experimento é incentivar os usuários a avaliarem as primeiras impressões das pessoas com base na personalidade e na conversa, em vez de levar em conta apenas a aparência das fotos. Uma das principais críticas feitas ao Tinder e a outros apps de relacionamento é o fato de darem ênfase no visual do outro, o que incentiva relacionamentos superficiais.

Para quebrar o gelo e ajudar a conversa a deslanchar, os participantes deverão responder a algumas perguntas previamente. O algoritmo do app fará o cruzamento das respostas para colocar “frente a frente” pessoas com pensamentos, hábitos e gostos parecidos.

O bate-papo será curto e cronometrado, sem qualquer pista de quem está do outro lado. A única forma de conhecer mais sobre aquela pessoa é checar as respostas para questões banais como quantas vezes se pode usar uma camisa sem lavar ou quais comidas se pode colocar ketchup. Quando o tempo acabar, o casal pode comparar as respostas e decidirem se querem fazer a correspondência ou interromper a brincadeira.

Outras novidades

Além do Blind Date, a guia Explorar abriga a série de vídeos investigativos “Swipe Night”, o Papo Rápido (conversas de poucos segundos antes do match), além de sugestões de pessoas interessantes que compartilhem coisas em comum. A ideia é reformular o sistema para entregar além da experiência básica que todos já conhecem.

Os encontros às cegas já começaram a chegar nos mercados de língua inglesa. A promessa é ser expandido para mais idiomas e países nas próximas semanas, embora não haja uma data definida. O Brasil é um dos principais mercados do Tinder e provavelmente será contemplado na segunda remessa.

Essa nova experiência pega carona em um programa chamado “Love is Blind” (“Casamento às Cegas”, no Brasil) sucesso na Netflix. A premissa é exatamente igual e a sensação promete ser muito próxima dos participantes de lá — com a diferença que você não precisará casar ou morar junto com ninguém.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Tecnologia

Saiba como proteger fotos e vídeos com senha no sistema Android
Pular corda traz resultados mais rápidos que corrida
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde