Domingo, 28 de Novembro de 2021

Home em foco Após nova derrota no Brasileirão, Grêmio precisa de quatro vitórias em sete jogos para escapar do rebaixamento

Compartilhe esta notícia:

Após a derrota de 3 a 1 para o América-MG na noite de domingo (13), a corrida do Grêmio contra o rebaixamento à Série B do Campeonato Brasileiro se complicou ainda mais. O time gaúcho continua em penúltimo lugar na tabela (29 pontos) e as projeções são preocupantes, já que a equipe gaúcha precisa de pelo menos quatro vitórias nas sete rodadas, começando pelo próximo desafio, em casa contra o Bragantino-SP na próxima terça-feira (16).

A sequência de partidas é completada pelas seguintes partidas: Chapecoense (dia 20m, em Santa Catarina), Flamengo (23, na Arena), Bahia (26, em Salvador), São Paulo (2 de dezembro, em Porto Alegre), Corinthians (5, fora de casa) e Atlético-MG (9, na Arena).

Autocrítica

Em entrevista coletiva, o técnico Vagner Mancini avaliou o novo tropeço do Tricolor. “Não fiquei satisfeito, de maneira alguma”, declarou. “Vi um time com erros que pesaram muito ao longo da partida. De certa forma, levar 1 a 0 no começo, 2 a 0 no final do primeiro tempo e 3 a 0 no comecinho da etapa complementar acabou influenciando em alguns aspectos que são importantes em um jogo de futebol.”

Ele também chamou a atenção para o aspecto psicológico, mas admitiu que o time poderia ter sido mais eficiência: “Você acaba jogando com o emocional muito desequilibrado e isso acaba influenciando no desempenho. Vi uma equipe que errou muito, faltou criatividade e a equipe desperdiçou muito a bola. Precisamos arrumar isso rapidamente, pois terça-feira tem jogo novamente. Temos que salvar o Grêmio e peço um pouquinho de paciência ao torcedor”.

A partida

No jogo de sábado, sobre o qual não faltaram novos questionamentos à arbitragem, o América-MG (oitvavo colocado, com 44 pontos) iniciou o primeiro tempo com uma proposta de marcação agressiva, no campo do Grêmio. Logo aos três minutos, Felipe Azevedo apareceu nas costas de Elias pelo lado esquerdo do ataque e abriu o placar para o América-MG.

O Grêmio foi para o ataque e equilibrou mais o jogo. Após os lances polêmicos com a arbitragem, Cortez empurrou Ademir pelas costas dentro de sua própria grande área e deu um pênalti ao Coelho, convertido pelo próprio Ademir aos 48 minutos.

Vagner Mancini promoveu a entrada de Darlan e Campaz no intervalo, mas os anfitriões não deram tempo ao Grêmio se reorganizar, fazendo o terceiro gol com Juninho logo no primeiro minuto de bola rolando.

Os visitantes foram para o tudo ou nada e até conseguiram diminuir a desvantagem com Ferreira em boa jogada individual, aos 9 minutos. Mesmo assim, faltou criação no meio de campo gremista para levar mais perigo ao gol de Matheus Cavichioli.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de em foco

Em pouco mais de 20 meses de pandemia, 35.810 gaúchos morreram por causa do coronavírus
Em Dubai, ministro da Economia Paulo Guedes diz que Brasil busca “petrodólares” para investimentos no país
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Atualidades Pampa