Terça-feira, 16 de Abril de 2024

Home Economia Busca por voos para Portugal está 39% acima do nível pré-pandemia

Compartilhe esta notícia:

Na esteira da retomada dos voos internacionais e com o crescimento do número de brasileiros interessados em viajar para Portugal, a Latam está ampliando a oferta de assentos na linha que opera entre São Paulo e Lisboa.

No primeiro semestre deste ano, a empresa aérea registrou aumento de 39% em demanda nessa rota. O voo São Paulo-Lisboa, que parte do Aeroporto de Guarulhos, já representa 13% das vendas da Latam em linhas que ligam Brasil e Europa, onde a companhia opera para outros sete destinos, como Madri, Londres e Paris.

Atualmente, a Latam tem um voo diário entre Guarulhos e Lisboa. Ele é operado alternando dois tipos diferentes de equipamento, o Boeing 787-9, que tem 247 assentos, e o Boeing 767, com 121. A partir de novembro, todas as frequências serão feitas com o B 787-9. Com isso, a oferta de assentos crescerá em 8%, na comparação com outubro, informou a companhia.

Aline Mafra, diretora de Vendas e Marketing da Latam Brasil, destaca que o voo São Paulo-Lisboa tem hoje uma taxa de ocupação “saudável” de 86,59%, sendo um destino forte em lazer para a aérea.

“O acordo que acaba de ser aprovado pelo governo português sobre o visto de trabalho vai facilitar ainda mais a entrada de brasileiros. Portanto, é nosso compromisso alocar oferta de forma sustentável onde há real demanda por viagens aéreas”, diz ela.

No início deste mês, Portugal aprovou as regras para que o Acordo de Mobilidade firmado entre os Estados-membros da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP), incluindo Brasil e nações africanas, entre em vigor.

Ele deve facilitar a burocracia para que pessoas vindas da CPLP entrem em Portugal e vice-versa.

A Latam já voltou a operar voos internacionais para 20 destinos, incluindo, além da Europa, cidades como Buenos Aires, Bogotá e Nova York. A maior parte dos voos sai de São Paulo. Desde julho, porém, há partidas de Fortaleza para Miami e de Porto Alegre para Lima, no Peru. Antes da pandemia, a empresa alcançava 26 destinos no exterior.

União Europeia

Em termos absolutos, o número de voos comerciais na UE fixou-se em 596.930 em agosto, acima dos 478.996 registados em agosto de 2021, e dos 324.538 em agosto de 2020. Contudo, está 14% abaixo dos 695.912 voos realizados em agosto de 2019.

Portugal é o país com a menor diferença. Os 39.585 voos comerciais registados em agosto estão 1,5% abaixo dos registados em agosto de 2019. Atrás surge a Roménia e a Croácia com diferenças de 5% e 7%, respectivamente.

Os dados mostram que apenas dois países da UE já estão acima dos níveis pré-pandemia: Grécia (+5%) e Luxemburgo (+2%). Em contrapartida, as maiores diferenças pertencem à Eslovénia (-42%), Letónia (-39%) e Finlândia (-31%).

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Economia

Período eleitoral: ministro Moraes veta publicidade do governo sobre novo cartão Auxílio Brasil
Justiça dá 10 dias para empresário que agrediu mulher retornar ao Brasil
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Show de Notícias