Sexta-feira, 21 de Junho de 2024

Home Eleições 22 Candidaturas de religiosos crescem 11%; nove em cada dez são de evangélicos, conforme o Tribunal Superior Eleitoral

Compartilhe esta notícia:

O número de candidaturas religiosas cresceu 11% este ano em relação às últimas eleições gerais, segundo levantamento com base nos dados do TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Em 2018, eram 595 candidatos. Em 2022, 659.

A maior parte dessas candidaturas está vinculada ao universo das igrejas evangélicas (89%). Os dados incluem aqueles que utilizam títulos religiosos nos nomes de urna ou se identificam como membros de grupos religiosos.

A maior parte das candidaturas de religiosos é formada por aqueles que se identificam como pastores (392). Esse grupo cresceu 19% este ano. Entre as candidaturas religiosas identificadas, 16 são de católicos, o equivalente a 2,4%. Também há 13 candidatos que usam nos nomes de urna títulos associados a religiões de matriz africana, o que representa 2% do total.

Há ainda 43 candidatos que declaram como principal ocupação “sacerdotes, membros de ordem ou de seita religiosas”, mas não usam no nome títulos que permitam a identificação da religião.

Títulos mais comuns

Refletindo o maior número de candidaturas evangélicas, o título de “pastor” usado no nome de urna é o mais popular entre os candidatos do levantamento.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Eleições 22

Mutirão de limpeza na Cohab Rubem Berta, na Zona Norte de Porto Alegre, ocorre no sábado
“Não penso se vou estar empregado amanhã”, diz o técnico Roger Machado após derrota do Grêmio contra o Criciúma
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Show de Notícias