Domingo, 07 de Agosto de 2022

Home coronavírus Com estratégia de agendar vacina, município no Norte gaúcho imunizou 100% da população adulta

Compartilhe esta notícia:

No Painel da Vacina do Rio Grande do Sul, os números de Vila Maria impressionam. O município de 4.326 habitantes, localizado no Norte do Estado, imunizou 100% da população adulta com a primeira dose e também com a dose de reforço da vacina contra a covid-19. Na população em geral, são 94,5% com a primeira dose e 89,1% com a segunda.

Os percentuais ficam acima dos registrados no Estado, de 97,5% com a primeira dose e 89,3% com a segunda, e também do país, com 77% da população já imunizada com a primeira dose e 69,9% com a segunda. E também na dose de reforço (3ª dose) Vila Maria se destaca. Da população, 46,1% (ou 1.991 pessoas), foram imunizadas pela terceira vez contra a covid, contra 27% no Estado.

Em visita à Secretaria da Saúde, a secretária municipal de Saúde, Cátia Ferri, apresentou à secretária Arita Bergmann os resultados. Segundo ela, o sucesso da vacinação em Vila Maria foi possível devido à iniciativa da prefeitura de entrar em contato com a população cadastrada na Estratégia Saúde da Família (ESF) e agendar previamente a data da vacina.

“O que nós fizemos. Marcamos um horário para a pessoa se vacinar. Chegava o dia, ela ia ao posto e se vacinava sem filas”,  explicou.

Caso a pessoa não comparecesse na data e horário marcados, recebia a visita de um agente de saúde para verificar o motivo.

“Fizemos um termo de não recebimento da vacina para quem não queria se vacinar. Diante do documento, as pessoas acabavam optando pela imunização”, disse ainda.

No caso da vacinação infantil, a estratégia adotada tem sido a presença no posto de vacinação de um pediatra para tirar dúvidas dos pais. Tem funcionado. Das crianças entre 5 e 11 anos, o município já imunizou 34%.

Pedido de recursos

Os resultados da vacinação foram apresentados à secretária da Saúde em reunião na quinta-feira (10) com o deputado estadual Paparico Bachi e o vice-prefeito de Vila Maria, Adroaldo Seben. A comitiva, formada também pela secretária Cátia Ferri, apresentou ao Estado a proposta  de construção de uma unidade de pronto-atendimento em Vila Maria.

Atualmente, a unidade básica de saúde realiza 500 atendimentos mensais em Vila Maria. A prefeitura propõe transferir o atendimento de uma delas para um novo prédio, localizado, como o atual, no centro do município. A nova unidade, segundo Cátia Ferri, elevaria o número de atendimentos para 800. A demanda será analisada pela Secretaria da Saúde.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de coronavírus

Dez anos após sanção, Lei de Cotas tem ano decisivo no Congresso
Indígenas leiloam artes em NFT para comprar drones e tecnologias para vigiar território na Amazônia
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde