Quarta-feira, 29 de Junho de 2022

Home coronavírus Com mais de 21 mil novos testes positivos de coronavírus, Rio Grande do Sul volta a bater seu próprio recorde de casos confirmados em um só dia

Compartilhe esta notícia:

Relatório oficial divulgado nesta quarta-feira (19) acrescentou 21.122 novos casos confirmados de coronavírus no Rio Grande do Sul, na prática implica um novo recorde em um só balanço diário da Secretaria Estadual da Saúde (SES). O número superou em 21% a maior marca até então: 17.416 testes positivos, reunidos no boletim da véspera.

Vale a ressalva de que o Estado já registrou quantidade maior de contágios contabilizados em apenas um documento: 64.056, em 23 de julho de 2021. Mas naquela ocasião tratava-se de uma situação atípica, ao incluir de uma só vez milhares de dados represados por defasagem e revisão de informações.

Com a atualização, acumulam-se mais de 1,63 milhão de testes positivos para coronavírus em 22 meses de pandemia no Rio Grande do Sul. Já as perdas humanas para a doença chegaram a 36.564, com a inclusão de 14 mortes mais recentes.

Os falecimentos mencionados pelo relatório abrangem indivíduos com idades entre 47 e 86 anos, recaindo a maioria  sobre os idosos (seis das 11 vítimas). Eles são mencionados a seguir, em ordem alfabética conforme cidade onde residiam (e não do hospital onde ocorreu o falecimento), com menção também ao gênero (feminino ou masculino) e idade.

– Camaquã (mulher, 47 anos);
– Lajeado (mulher, 50 anos);
– Campo Bom (mulher, 58 anos);
– Gravataí (mulher, 58 anos);
– Dezesseis de Novembro (homem, 63 anos);
– Canela (homem, 64 anos);
– Engenho Velho (homem, 71 anos);
– Gravataí (homem, 72 anos);
– Carazinho (mulher, 75 anos);
– Pelotas (mulher, 86  anos).

Curiosamente, apenas uma dentre todas as 497 cidades gaúchas ainda não registra qualquer óbito por covid. É Novo Tiradentes, localizada na Região Norte do Estado e que acumula 181 testes positivos desde o começo da pandemia, dos quais dois constam no boletim desta terça-feira.

Outros dados sobre a pandemia

Dentre os infectados até agora, ao menos 1.502.244 (92%) já se recuperaram, em todos os 497 municípios gaúchos. Outros 94.411 (6%) são casos ativos (em andamento), o que abrange desde os assintomáticos em quarentena domiciliar até casos graves atendidos em hospitais.

A taxa média de ocupação das unidades de terapia intensiva (UTIs) por adultos estava em 56,4% no início da noite, de acordo com o painel de monitoramento covid.saude.rs.gov.br. Na véspera, a taxa era de 54,7%.

Esse índice resulta da proporção de 1.787 pacientes para um total de 3.169 leitos da modalidade em 301 hospitais. Já o total de internações pela doença desde março de 2020 chega a 115.047 (7%).

Vacinação

Apesar de a exibição de dados atualizados sobre a campanha de vacinação contra covid (paralisados durante 39 dias por causa do ataque cibernético aos sistemas do Ministério da Saúde) ter sido retomada no começo da semana, nesta quarta-feira o painel on-line do governo gaúcho permaneceu novamente defasado, pelo segundo dia seguido.

Com isso, quem acessou a plataforma vacina.saude.rs.gov.br encontrou números e índices restritos à atualização do dia 17. O problema já havia sido previsto na véspera pela Secretaria Estadual da Saúde (SES):

“Ainda é preciso aguardar mais informações do Ministério para uma análise completa de alguns relatórios. Devido ao grande volume de dados acumulados [de 9 de dezembro a 17 de janeiro], é provável que ainda sejam registradas instabilidades e, com isso, não ocorra atualização diária”.

(Marcello Campos)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de coronavírus

Lockdowns na China e ômicron tornam retomada da economia mundial incerta
Pai não vacinado perde temporariamente direito de ver filho no Canadá
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde