Sexta-feira, 20 de Maio de 2022

Home Política Coordenador do Enem deixa o cargo após ofensiva do governo federal sobre conteúdo da prova

Compartilhe esta notícia:

Responsável pela coordenação do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), o diretor de Avaliação da Educação Básica do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), Anderson Soares Furtado Oliveira, deixou o cargo nesta terça-feira (25). Ele estava no posto havia oito meses.

A exoneração, assinada pelo ministro-chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira, consta do DOU (Diário Oficial da União) e foi feita a pedido, segundo o governo. O posto será assumido por Michele Cristina Silva Melo.

O pedido de demissão de Oliveira ocorre meses após uma ofensiva do governo sobre o conteúdo do Enem. No ano passado, o presidente da República, Jair Bolsonaro, chegou a dizer que a prova passaria a ter “a cara do governo”. Depois de críticas da oposição e até pedidos à Justiça para a suspensão do exame, o ministro da Educação, Milton Ribeiro, negou qualquer interferência.

No entanto, servidores relataram pressão para alterar questões. Houve, inclusive, supressão de itens considerados sensíveis para o núcleo ideológico do governo. O clima interno suscitou pedidos de exoneração em massa de funcionários de carreira do Inep, que viram assédio moral na ofensiva do Executivo.

Datas

O ministro da Educação anunciou em rede social, que o Enem 2022 será aplicado nos dias 13 e 20 de novembro. O calendário com uma previsão dos exames educacionais deste ano, incluindo o Enem, saiu, na semana passada, no DOU.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Política

A Comissão de Valores Mobiliários alerta sobre sites estrangeiros que tentam captar recursos de investidores brasileiros
Petrobras pede arquivamento de investigação sobre abuso em preço de combustíveis
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde