Sexta-feira, 12 de Julho de 2024

Home Esporte Daniel Alves tenta acordo para evitar julgamento por estupro, diz jornal

Compartilhe esta notícia:

O caso envolvendo Daniel Alves pode ser resolvido ainda neste ano. O julgamento do jogador, inicialmente programado para o final do ano, corre o risco de ser cancelado, uma vez que os advogados do ex-lateral com passagens pela Seleção Brasileira, São Paulo e Barcelona podem buscar um acordo com a vítima.

A informação foi trazida pela jornalista Mayka Navarro, da emissora espanhola Telecinco. Na segunda-feira (6), a comunicadora destacou que “há um consenso em evitar que o julgamento ocorra”, uma vez que “será um processo desafiador para todos os envolvidos, inclusive a vítima”. A jornalista afirmou que o jogador está considerando a possibilidade de chegar a um acordo com a vítima, evitando, assim, a necessidade de um julgamento.

Uma mulher, cuja identidade não foi divulgada, acusou Daniel Alves de estupro no final de 2022, alegando que ele a teria agredido sexualmente no banheiro de uma boate em Barcelona. Desde 20 de janeiro, o ex-jogador da Seleção Brasileira encontra-se detido na Espanha.

Em um depoimento adicional, a vítima relatou que Daniel Alves a teria coagido a realizar sexo oral nele, agarrando-a pelo pescoço e lhe aplicando tapas. Além disso, ele teria puxado o vestido dela e forçado relações sexuais.

O jogador continua negando as acusações e afirma que a relação foi consensual. Sobre o novo depoimento, a defesa de Daniel Alves não se manifestou publicamente. Em outubro, o jornal espanhol “Marca” já havia noticiado que Dani Alves poderia chegar a um acordo com a Justiça ao assumir as acusações. A imprensa espanhola destacou que o jogador e a defesa cogitavam essa posição.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Esporte

Dupla de garotos do Grêmio celebra ouro no Pan-Americano
Telescópio revela mais de 100 mil galáxias em primeiras imagens divulgadas
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde