Terça-feira, 25 de Junho de 2024

Home Economia Desemprego fica estável em 20 Estados e no Distrito Federal no terceiro trimestre

Compartilhe esta notícia:

A taxa de desemprego no Brasil ficou em 8,7% no terceiro trimestre deste ano, recuando 0,6 ponto percentual em relação aos três meses anteriores e 3,9 pontos percentuais frente ao mesmo período de 2021.

Em relação ao trimestre anterior, a taxa de desocupação recuou em seis das 27 unidades da Federação, mantendo-se estável nas outras 21. No Rio Grande do Sul, o índice ficou em 6%. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (17) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Houve queda da taxa de desocupação em todas as regiões na comparação com o trimestre anterior. O Nordeste permaneceu com a maior taxa (12%), e o Sul, com a menor (5,2%).

Entre os Estados, as maiores taxas de desocupação foram registradas na Bahia (15,1%), Pernambuco (13,9%) e Rio de Janeiro (12,3%), e as menores, em Rondônia (3,9%), Mato Grosso (3,8%) e Santa Catarina (3,8%).

A taxa de desocupação por sexo foi de 6,9% para os homens e de 11% para as mulheres no terceiro trimestre de 2022. Já o índice de desocupação por cor ou raça ficou abaixo da média nacional (8,7%) para os brancos (6,8%) e acima para os pretos (11,1%) e pardos (10%).

A taxa de empregados com carteira assinada no setor privado foi de 73,3%. O percentual da população ocupada trabalhando por conta própria no País foi de 25,9%. A informalidade chegou a 39,4% da população ocupada.

O rendimento médio real mensal habitual dos brasileiros foi de R$ 2.737, crescendo frente ao segundo trimestre de 2022 (R$ 2.640) e ao mesmo trimestre de 2021 (R$ 2.670).

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Economia

Freeway é a sétima melhor rodovia do Brasil, aponta pesquisa da Confederação Nacional do Transporte
Metade dos brasileiros conhece pessoalmente uma mulher que já foi agredida pelo companheiro ou ex
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Show de Notícias