Sábado, 02 de Julho de 2022

Home Porto Alegre Dez pessoas sãos indiciadas por furar fila da vacinação contra a Covid em Porto Alegre

Compartilhe esta notícia:

A Polícia Civil concluiu a Operação Xepa – Fase 2 – e indiciou dez pessoas por furarem a fila da vacinação contra a Covid-19 na Capital. Entre os indiciados há médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, integrantes da rede de apoio e orientador religioso.

A Operação Xepa é uma ação permanente da Coordenadoria de Recursos Especiais da Polícia Civil e tem como objetivo apurar denúncias de burla dos critérios sanitários de vacinação contra a Covid-19 em Porto Alegre.

A segunda fase da operação consistiu na apuração de mais de 30 denúncias recebidas, dando conta de que pessoas integrantes do grupo prioritário de profissionais da saúde e rede de apoio haviam tomado mais doses do que previa o protocolo de vacinação elaborado pelo Ministério da Saúde, Secretaria Estadual de Saúde e a Secretaria Municipal de Saúde.

Das denúncias verificadas, houve a constatação de que 10 pessoas haviam recebido doses pelos critérios prioritários e buscado outros imunizantes na rede pública e nos estabelecimentos conveniados (farmácias), burlando a fila de vacinação e retirando doses que poderiam ser aplicadas em outras pessoas.

Durante as apurações, houve o cumprimento de mandados de busca e apreensão e os procedimentos policiais resultaram em indiciamentos por falsidade ideológica (omissão de que haviam recebido imunizante quando da busca de outros nos postos e farmácias) e infração de medida sanitária para enfrentamento à pandemia (houve casos de profissionais da saúde e rede de apoio que tomaram 4 doses de vacinas com dois imunizantes diferentes).

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Porto Alegre

Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul aprova reajuste do piso do magistério
Por conta da Covid, Pelotas cancela Carnaval pelo segundo ano consecutivo
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde