Terça-feira, 28 de Maio de 2024

Home Rio Grande do Sul Dia D de vacinação contra a pólio é neste sábado (20) para crianças de 1 a 4 anos

Compartilhe esta notícia:

A Secretaria da Saúde do Rio Grande do Sul e os municípios gaúchos estão mobilizados para o do Dia D de vacinação contra a pólio para crianças de 1 a 4 anos, neste sábado (20). Os mais de 1,5 mil postos de saúde do Estado estarão extraordinariamente abertos para a imunização contra a paralisia infantil.

A doença é considerada hoje erradicada no país. Porém, os baixos índices de vacinação podem fazer com que ela retorne. Já houve neste ano um caso registrado em Nova York, nos Estados Unidos. Conforme uma análise da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), 74% das cidades no Rio Grande do Sul apresentam risco alto ou muito alto de reintrodução do vírus.

500 mil crianças

No Rio Grande do Sul, são 553 mil crianças entre um e quatro anos de idade que deverão ser vacinadas indiscriminadamente (independentemente do histórico) com a Vacina Oral Poliomielite (VOP), a “gotinha”, desde que já tenham recebido as três doses de Vacina Inativada Poliomielite (VIP) do esquema básico. A meta da campanha é vacinar ao menos 95% delas.

Outras 131 mil crianças abaixo de um ano de idade também estão convocadas para a campanha, porém, deverão ser vacinadas conforme o histórico vacinal, por isso não há meta de cobertura para elas.

Esquema da vacinação da pólio na campanha:

• Abaixo de 1 ano de idade: só faz vacina se tiver alguma em atraso.

• Entre 1 e 4 anos: faz vacina da pólio (gotinha) e outras se tiver alguma em atraso.

• Dos 5 aos 14 anos: só faz vacina se tiver alguma em atraso.

Multivacinação

Junto à campanha da pólio, acontece a multivacinação para todas crianças e adolescentes menores de 15 anos. O objetivo da estratégia é colocar em dia doses do calendário básico que estejam em atraso. Por isso, quem for ao posto de saúde deve levar sua caderneta de vacinação para que a avaliação possa ser realizada pela equipe de saúde.

As vacinas utilizadas na campanha são as mesmas disponibilizadas na rotina dos serviços de vacinação, ao longo de todo o ano. Além delas, conforme disponibilidade e organização, os municípios podem ofertar ou orientar as demais vacinas específicas de campanhas, como a da covid-19 e da gripe (influenza).

Baixa procura

A campanha nacional de vacinação deste ano começou no último dia 8 de agosto e registra, até agora, uma baixa procura. Apenas 39 mil das 553 mil crianças dessa idade já tinham feito a vacina até esta quinta-feira (18/8). Isso representa cerca de 7% do público. A campanha vai até o dia 9 de setembro, no entanto, esse será o único sábado de mobilização previsto.

 

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

Justiça Eleitoral barra repasse de recursos do Fundão à candidatura de Roberto Jefferson
Acolhimento emergencial segue nesta sexta (19) no ginásio do Demhab em Porto Alegre
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa News