Quinta-feira, 18 de Julho de 2024

Home Porto Alegre Dupla acusada por morte de brigadiano em Porto Alegre vai a júri popular nesta quarta

Compartilhe esta notícia:

Denunciados pelo Ministério Público do Rio Grande do Sul (MP-RS), dois homens vão a júri popular nesta quarta-feira (27) pela morte do brigadiano Gustavo de Azevedo Barbosa Júnior, 26 anos. O crime foi cometido no dia 10 de julho de 2019, nas imediações da Praça Guia Lopes, bairro Teresópolis, na Zona Sul de Porto Alegre.

O processo aponta que o policial militar foi morto ao atender ocorrência em que a dupla, junto com um adolescente, mantinha uma mulher em cárcere privado no interior de um veículo roubado. Houve troca de tiros e o PM – posicionado no banco do carona de uma viatura – acabou baleado na cabeça, morrendo no hospital.

Capturados menos de 48 horas após o incidente e presos desde então, os réus também serão julgados por tentativa de homicídio do outro brigadiano que conduzia o veículo da corporação.

Ambas as acusações são triplamente qualificadas. Agravantes: uso de recurso que dificultou a defesa das vítimas, reação armada para assegurar impunidade de outro delito e ataque a autoridade no exercício da função. Completam a lista os crimes conexos de porte ilegal de arma-de-fogo, roubo de veículo, sequestro e cárcere privado, além de corrupção de menor.

A sessão será realizada no Foro Central de Porto Alegre. Em novembro do ano passado, o julgamento chegou a ser iniciado, mas o Conselho de Sentença foi logo dissolvido pelo Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJ-RS) devido a uma irregularidade – o advogado de um dos réus manteve contato com integrante do júri.

(Marcello Campos)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Porto Alegre

Professor é condenado à prisão por abusar sexualmente de aluna em escola de Viamão
Governadores do Sul e Sudeste elogiam proposta do governo para renegociar dívida de Estados
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde