Segunda-feira, 15 de Agosto de 2022

Home Mundo “É uma teoria idiota”, diz Bill Gates, criador da Microsoft, sobre criptomoedas e NFT

Compartilhe esta notícia:

O bilionário Bill Gates, criador da Microsoft, repudiou projetos de criptomoedas, como tokens não fungíveis, classificando-os como fraudes “com base na teoria do mais tolo” em uma conferência climática, revivendo críticas anteriores aos ativos digitais.

“É claro que imagens digitais caríssimas de macacos entediados vão melhorar imensamente o mundo”, ironizou o bilionário citando os ‘Bored Apes’ enquanto discursava em um evento em Berkeley, Califórnia, organizado pelo TechCrunch.

Gates ressaltou que não está comprado nem vendido em ativos digitais.

O criador da Microsoft já criticou a criptomoeda antes, discutindo no ano passado com Elon Musk, o homem mais rico do mundo, sobre se o Bitcoin é muito arriscado para investidores de varejo e os danos ambientais causados pela mineração de criptoativos.

Falando nesta semana como fundador da Breakthrough Energy Ventures, o fundo focado no clima que ele fundou em 2015, Gates observou a dificuldade de recrutar engenheiros do Vale do Silício para trabalhar em setores como produtos químicos e produção de aço que precisam de menores emissões de gases de efeito estufa.

A Breakthrough Energy Ventures tem como um de seus patrocinadores Michael Bloomberg, fundador e proprietário majoritário da Bloomberg LP.

O Bitcoin despencou mais de 15% na segunda-feira e outros 5,4% na terça-feira, parte de uma venda mais ampla de criptomoedas alimentada pela inflação mais alta do que a prevista nos EUA e pela interrupção dos saques pela plataforma de empréstimos Celsius. Coleções populares de NFT, incluindo o Bored Ape Yacht Club (BAYC), favorito das celebridades, também estão sendo duramente atingidas.

Gates também defendeu os esforços bancários digitais que ele apoiou por meio de suas fundações filantrópicas, que descreveu como “centenas de vezes mais eficientes” do que as criptomoedas.

Colapso da Celsius

A Celsius oferece aos clientes que depositem seus criptoativos na plataforma em troca de uma remuneração. Esses recursos são então usados como garantia para que a Celsius financie outros projetos de criptoativos. A plataforma é uma das maiores neste tipo de investimento, conhecido como produtos de “rendimento digital”. E oferecia retornos de até 17% aos clientes.

Em seu site, a empresa afirmava que seu token CEL garantia “retornos financeiros reais”, incluindo um ganho extra de até 30% semanal. Nas últimas 24 horas, o CEL caiu mais de 50%.

A empresa anunciou a suspensão das operações depois de seu CEO, Alex Mashinsky, ter rebatido por vários dias rumores de que a Celsius poderia adotar esta atitude.

“A CelsiusNetwork está pausando todos os saques, swaps e transferências entre contas. Atuar pelo interesse de nossa comunidade é a nossa maior prioridade. Nossas operações continuam e vamos continuar a dividir informações com nossa comunidade”, escreveu a Celsius em memorando publicado no blog Medium.

Segundo a empresa, a medida foi adotada para que a Celsius fique em “posição melhor para honrar, ao longo do tempo, suas obrigações”.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Mundo

Rafa Kalimann é vista em clima de romance com o jogador Bruninho do vôlei
Globo bate o martelo e define data para anunciar Maisa Silva na emissora
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Atualidades Pampa