Sábado, 15 de Junho de 2024

Home Tecnologia Elon Musk convoca engenheiros da Tesla para reformular o Twitter

Compartilhe esta notícia:

O conselho que supervisionou o Twitter durante sua tumultuada compra por Elon Musk foi dissolvido, com o CEO da Tesla servindo agora como o único diretor da empresa de mídia social. No comando, Musk já começou a mudar o rumo da plataforma em relação a planos de assinatura e de monetização e, após demissões, pediu para cerca de 50 engenheiros da Tesla se juntarem à plataforma, segundo o canal americano CNBC.

Em documento junto à Securities and Exchange Commission (SEC, a CVM americana), o Twitter comunicou que os nove membros de seu ex-conselho não são mais diretores a partir da data da compra no valor de US$ 44 bilhões, que foi fechada na quinta-feira passada, dia 27, após seis meses de dúvidas sobre o destino do acordo.

Musk sempre teve a intenção de assumir o cargo de diretor único sob os termos do acordo de negociação, de acordo com o documento. Após o fechamento da compra, o novo proprietário da empresa imediatamente demitiu os principais executivos do Twitter, publicando horas depois que “o pássaro está liberto” em uma aparente referência à rede social, que tem um pássaro azul como logotipo.

A dissolução do conselho foi divulgada em um arquivamento de valores mobiliários mais amplo que especificou outras formalidades como parte do fechamento do negócio, incluindo o pagamento da dívida sob um contrato de crédito rotativo, um aviso de encerramento de ações e informando que cada ação emitida foi cancelada e convertida em direito de receber a contrapartida da fusão de US$ 54,20 por ação.

De acordo com o arquivamento, cada prêmio baseado em ações pendentes foi cancelado e convertido no direito de receber dinheiro, com base em quanto foi adquirido na época.

Além disso, o empresário levou 53 engenheiros de suas outras empresas para atuarem no Twitter, de acordo com a CNBC. No total, 50 deles foram transferidos da Tesla e trabalhavam na área de piloto automático da empresa. Outros dois funcionários foram realocados da The Boring Company, startup que está construindo túneis subterrâneos para deslocamento de trem, e um cientista da Neuralink, companhia que desenvolve chips cerebrais.

Entre os funcionários realocados, estão nomes de confiança de Musk como Ashok Elluswamy, diretor de desenvolvimento de software, Milan Kovac, diretor de engenharia de piloto automático e TeslaBot e Maha Virduhagiri, diretor sênior de engenharia de software, além de Jake Nocon, parte da unidade de vigilância da Tesla, como gerente sênior de inteligência de segurança.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Tecnologia

Músico Paulo Jobim, filho de Tom Jobim, morre no Rio
Gordura no fígado: conheça a doença que afeta pelo menos 30% da população
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa News