Sexta-feira, 19 de Julho de 2024

Home Porto Alegre Escolas alagadas na Zona Norte de Porto Alegre passam por vistoria da prefeitura

Compartilhe esta notícia:

A secretaria de Educação (Smed)de Porto Alegre acessou os prédios das duas escolas próprias da rede municipal localizadas no bairro Sarandi. A Escola de Educação Infantil Vila Elizabeth passou por vistoria nesta segunda-feira (10), e a Escola de Ensino Fundamental Presidente João Goulart será visitada na manhã desta terça-feira (11).

A escola de educação infantil atende 102 alunos e a de ensino fundamental 668.

“As duas unidades do Sarandi foram as últimas a terem o acesso liberado e apresentam o pior cenário dentre as escolas afetadas. A água superou os 3 metros de altura no interior dos prédios e todas salas, pisos, forros de madeira e a parte elétrica estão comprometidos. Após a vistoria, está previsto para a próxima quinta-feira o início da limpeza da Emei Vila Elizabeth”, afirma o secretário de Educação, Maurício Cunha.

Praticamente todas as 99 escolas próprias e as 219 parceirizadas foram atingidas pela enchente: 14 escolas próprias e 27 da rede conveniada foram total ou parcialmente alagadas. Em 12 unidades o processo de limpeza já iniciou. Os serviços são realizados por uma empresa especializada e contam com investimento de R$ 1,6 milhão.

Aulas na rede municipal

Nesta segunda, 84 escolas próprias e 190 conveniadas da rede municipal de ensino retomaram o calendário escolar. As instituições atendem cerca de 58 mil alunos, o que corresponde a 85% dos estudantes de Porto Alegre. Permanecem sem atividades escolares as 14 unidades próprias e 27 conveniadas alagadas durante as enchentes. Além disso a escola de Ensino Fundamental Grande Oriente do Rio Grande do Sul (Rubem Berta) atua como abrigo.

“A escola é o principal espaço civilizador da nossa sociedade, e a retomada e manutenção das atividades escolares são essenciais para a aprendizagem e para a volta ao cotidiano da cidade”, afirma Cunha.

Na última sexta-feira (7), foram nomeados 60 novos professores efetivos para a rede municipal de ensino. São candidatos aprovados nos concursos públicos 722 a 736, homologados em julho de 2023. Com o anúncio, desde 2021, conforme a prefeitura, foram nomeados 1.430 professores e 419 monitores, o maior número das últimas duas décadas.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Porto Alegre

Quase 200 mil famílias gaúchas já foram aprovadas no Auxílio Reconstrução
Caixa Federal cadastra imóveis para venda a programa do governo que doará moradias a desalojados no RS
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde