Quinta-feira, 18 de Julho de 2024

Home Dicas de O Sul Exposição Liberdade Substantivo Feminino abre nesta sexta-feira com dança no Paço Municipal de Porto Alegre

Compartilhe esta notícia:

A exposição Liberdade Substantivo Feminino será aberta nesta sexta-feira (1º), no Paço Municipal, na Praça Montevidéu, 10, no Centro Histórico da Capital. A mostra coletiva multicultural é uma realização do Clube Arte para Todos e acontece no mês em que é comemorado o Dia Internacional da Mulher.

São 50 obras, entre desenhos, gravuras, esculturas e fotografias de vários artistas: Edison Nunes, Pena Cabreira, Anelise Ferreira, Andrea Seligman, Heloísa Averburck, Nilton Maia e Wilson Cavalcanti. Na abertura, às 16h, haverá apresentação do livro Dona Gaudina e seus bichos, de autoria do artista Cava (Wilson Cavalcanti), com ilustrações em xilogravura. A mostra fica em cartaz até o dia 15 de março. A visitação será de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.

Espetáculo de dança

Às 18h, acontece a performance de dança Dame la Libertad com a presença de várias intérpretes. As intervenções de dança acontecem nos dias 1°, 8 (Dia Internacional da Mulher) e 15 de março. Acompanhadas de música ao vivo e digital, as apresentações terão duração de 40 minutos, com início às 18h. Há limitação de público a 40 pessoas e, por isso, para estas apresentações é preciso fazer agendamento pelo WhatsApp (51) 993111178. A direção é de Carmen Pretto, com a coordenação de Edison Nunes, Iessa Medeiros e Andressa Porto. O elenco é composto por Ana Bitencourt, Caroline Garcia, Giovanna Alvarenga, Lali Garrido, Marcela Gonzaga, Michele Milanesi, Rosany Rodrigues, Rubia Zagonel, Sofia Lilith e Valeska Brum.

Conheça os expositores

Gravuras (Cava – Wilson Cavalcanti) – O artista mostra ilustrações em xilogravura do livro Dona Gaudina e seus bichos, de 1986, poemas e gravuras do livro, ampliadas e impressas em tecido oxfordine com dimensão média de 70×100 centímetros. O artista poderá receber o público e falar sobre a sua obra.

Esculturas de Nilton Maia – Esculturas em terracota, que representam ícones femininos de diferentes expressões e simbolismo histórico. Figuras como Frida Kahlo, Anastácia e Malala em esculturas que mostram a força destas mulheres, misturando o imaginário e o real, em mulheres de diferentes etnias.

Fotografias de Edison Nunes – Mostra apresenta fotografias do ensaio alma. As imagens em preto e branco revelam na sobreposição sentimentos de desejo, tédio, melancolia, nostalgia, insatisfação, força, determinação, romance, tristeza e morte. Fotos editadas em sobreposição de planos como se modelo estivesse em um sonho.

Fotografias de Anelise Barra Ferreira – Imagens da exposição Flor da Pele, em que interpreta o feminino por uma série de imagens de pequenas e delicadas folhas secas que encantam pela vida que contêm.

Fotografia (Andréa Seligman) – No seu trabalho com autorretratos, procura expressar o que está sentindo naquele momento, se conectando com sua essência, seus anseios e emoções. Nessas imagens sua intenção é a de utilizar a arte como forma de cura emocional, reflexão e questionamento.

Fotografias (Heloiza Averbuck) – Fotografias provocativas, cada peça contribui para um diálogo sobre a emancipação, a autonomia e a liberdade da existência feminina.

Desenhos (Pena Cabreira) – É uma série de desenhos/pinturas em papel Canson (formato A3) que propõe um diálogo visual com o espectador. Trata-se de um trabalho estético que propõe um pequeno recorte da mulher contemporânea em suas conquistas e complexidades.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Dicas de O Sul

Caixa abre inscrições para concurso com salário inicial de R$ 14,9 mil
Hall da Fama do Comitê Olímpico Brasileiro receberá quatro novos membros
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Madrugada