Domingo, 21 de Julho de 2024

Home Mundo Filho de Joe Biden é condenado por posse ilegal de arma nos Estados Unidos

Compartilhe esta notícia:

Um júri federal condenou o filho do presidente dos EUA, Hunter Biden, por todas as três acusações federais de posse ilegal de arma, concluindo que ele violou leis destinadas a impedir que viciados em drogas possuíssem armas de fogo.

A condenação marca a primeira vez que um familiar imediato de um presidente foi considerado culpado de um crime durante o mandato do seu pai, embora os seus crimes sejam anteriores ao mandato de Joe Biden como presidente.

O júri afirmou que ele é culpado em todas as três acusações, que resultaram da aquisição de um revólver em outubro de 2018, numa loja de armas de Delaware. As duas primeiras acusações foram por mentir sobre o uso de drogas em um formulário de verificação de antecedentes federais; e a terceira acusação foi por posse de arma enquanto era viciado ou usava drogas ilegais.

Hunter Biden pode pegar até 25 anos de prisão e ser obrigado a pagar uma multa de até US$ 750.000 na sentença, embora provavelmente receba muito menos do que o máximo, já que é réu primário.

“Não esperamos que ele seja detido enquanto aguarda a sentença. Não está claro quanto tempo levará para ele obter a data da sentença, que provavelmente será marcada hoje”, disse a correspondente jurídica da CNN, Paula Reid. A primeira-dama, Jill Biden, chegou ao tribunal minutos depois do anúncio do veredito.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Mundo

Banco Central planeja pagamento com Pix por aproximação com Google e Apple Pay
Produção de motos cresce 3,4% e tem melhor resultado em 13 anos no Brasil
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa News