Quinta-feira, 20 de Junho de 2024

Home Ciência Fotógrafo brasileiro emplaca foto do dia da Nasa com registro da conjunção de Vênus e Marte

Compartilhe esta notícia:

O fotógrafo de astronomia Kiko Fairbairn registrou um fenômeno raro, a conjunção entre Vênus e Marte, e emplacou a seleção de imagem do dia da Nasa (a agência espacial norte-americana).

Fairbairn informou que o clique foi feito em Teresópolis, no Rio de Janeiro. Os dois planetas foram avistados da perspectiva da Terra próximos um do outro no início deste mês, em 4 de março, durante o Carnaval. Na região serrana do estado, é possível ver Vênus, à esquerda, e Marte, à direita.

“Quando dois planetas passam pelo céu à noite, eles podem ser vistos geralmente próximos um do outro por uma semana ou mais. Nesta conjunção planetária, Vênus e Marte passaram a uma distância de 4 graus no início deste mês”, disse a publicação da agência americana.

“A imagem em destaque foi tirada alguns dias antes, quando Vênus estava subindo lentamente no céu antes do amanhecer, noite após noite, enquanto Marte estava se pondo lentamente”, complementou.

Além disso, Fairbairn explica que as fotos não são montagens, nem têm partes acrescentadas por edição. Ele usa um software específico para “limpar” a imagem e mostrar todos os elementos do espaço.

“Eu sabia que essa conjunção de Vênus com Marte estava acontecendo. Eu dei muita sorte que o tempo na região serrana do Rio durante o Carnaval foi excelente. Foram noites limpíssimas, sem nuvens. Além disso, era um local livre de poluição luminosa”, contou o fotógrafo.

“Esperei dar 3h da manhã, que é um horário que eu sabia que Vênus e Marte iriam sair ali do lado leste. Fiz todo um pré-planejamento, montei todos os meus equipamentos. O interessante é que o leste é justamente essa cadeia de montanhas que a gente vê na foto”.

Esta não é a primeira vez que o fotógrafo brasileiro tem suas imagens publicadas pela agência espacial americana. Em 2016, o g1 noticiou um dos primeiros registros selecionados pela Nasa: nele, é possível ver Marte, Saturno, e a estrela laranja e brilhante Antares. Também se vê parte da Via Láctea.

Em 2018, Fairbairn conseguiu capturar um eclipse lunar no Rio, na praia do Botafogo, com o Pão de Açúcar de “moldura”.

À época, ele disse que planejou a foto com uma semana de antecedência e precisou da ajuda de um aplicativo para fazer o alinhamento, para conseguir capturar melhor os objetos espaciais.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Ciência

“A ciência brasileira não é inclusiva”, diz a primeira mulher eleita para presidir a Academia Brasileira de Ciências
WhatsApp lança 6 novas funções para mensagens de áudio
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa News