Sexta-feira, 14 de Junho de 2024

Home Brasil Garotos de programa roubam, agridem e dopam vítimas em golpe do “boa noite, Cinderela” no Rio

Compartilhe esta notícia:

A Polícia Civil do Rio investiga uma quadrilha de garotos de programa especializados em roubar, agredir e dopar vítimas no golpe do “boa noite, Cinderela”, em bairros da Zona Sul da cidade.

Na manhã da última terça (29), agentes fizeram uma operação para prender cinco dos criminosos que, após conhecerem um empresário em um aplicativo de encontros, entraram em seu apartamento, deram-lhe tapas e socos e levaram equipamentos eletrônicos, joias e dinheiro. No imóvel, a vítima ainda foi obrigada a ingerir um líquido. Horas depois, sofreu convulsões e ficou dois dias em coma em um hospital.

De acordo com as investigações, por volta das 16h do dia 30 de setembro, o empresário marcou um encontro com Pedro Paulo Neto da Silva, conhecido como Kaio Pantera, em um apartamento em Copacabana. Após os dois manterem relações sexuais, saíram de outro quarto mais quatro homens, que começaram a ameaçar, agredir e pedir transferências bancárias por pix a ele.

Ainda segundo o inquérito, a vítima foi então sequestrada, carregada e colocada dentro de um carro de aplicativo até a sua residência. No local, por cerca de 25 minutos, os bandidos roubaram um computador, um celular, um aparelho Alexa e realizaram mais pix. Na ocasião, um deles, armado com uma pistola, obrigou o homem a ingerir um líquido amargo, que o fez passar mal e desmaiar quase que imediatamente. Imagens de câmeras de segurança flagraram a movimentação na entrada e nos corredores do edifício.

Após os criminosos fugirem do apartamento, o empresário desceu as escadas cambaleante. Em um dos andares, ele convulsionou e bateu a cabeça nos degraus. Às 23h09 daquele mesmo dia, a vítima foi socorrida por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, acionada por seus vizinhos. De acordo com o boletim de atendimento médico do hospital onde deu entrada às 23h43, ela apresentou nova crise convulsiva e teve que ser intubada e ficar em ventilação mecânica.

“Trata-se de quadrilha perigosa, que dopa as vítimas durante os encontros após conhecerem as vítimas por aplicativos de relacionamento. A pessoa não sabe com quem está se encontrando, chega ao local e percebe que é um criminoso com a intenção só de dopá-la para levar todos os pertences da casa e também fazer pix”, explicou a delegada Daniela Terra, titular da 14ª DP.

Até agora, foram cumpridos mandados de prisão preventiva contra Pedro Paulo Neto da Silva, o Kaio Pantera; Marlon Bouchud Falco; Gabriel de Souza Assis e Maurício Vinícius Antunes da Conceição. Na casa onde estavam, foram encontradas drogas e materiais como seringas, usadas para aplicar o golpe do “boa noite, Cinderela” nas vítimas.

Golpe

“O boa noite, Cinderela”, também conhecido por “rape drugs” (drogas de estupro), é o nome dado a um golpe no qual um sujeito, geralmente simpático e de boa aparência coloca um coquetel de drogas, como o ácido gama-hidroxibutírico, juntamente à bebida de outra pessoa.

Encontradas, geralmente, na forma de comprimidos ou gotas; tais drogas depressoras do sistema nervoso central, ao serem ministradas juntamente com bebidas alcoólicas, alteram o nível de consciência, por até três dias, deixando a vítima vulnerável o suficiente para ser roubada e/ou violentada.  Além disso, podem causar intoxicação ou morte por desidratação.

Por se dissolverem facilmente; e serem incolores e inodoras, identificar um copo que recebeu tais doses é tarefa quase impossível.

De ocorrência relativamente frequente, este golpe ocorre geralmente em festas, boates, bares e praia; fornecendo como efeitos iniciais os mesmos que o álcool proporciona. Em um segundo momento, o indivíduo sente-se sonolento e com dificuldades de reagir a ameaças físicas e/ou psicológicas, obedecendo basicamente a todos os comandos ditados pelo golpista.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Tribunal de Contas da União constata queda na aplicação de vacinas em crianças com até 1 ano
Congresso abre brecha para aumentar Orçamento sem aprovação da PEC da Transição
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa News