Domingo, 07 de Agosto de 2022

Home Mundo General confidente de Raúl Castro morre de ataque cardíaco, diz imprensa estatal

Compartilhe esta notícia:

O general Luis Alberto Rodríguez López-Calleja, um dos homens mais poderosos de Cuba, morreu nesta sexta-feira (1) vítima de um ataque cardíaco, deixando uma ausência crítica na liderança política e econômica da ilha comunista.

López-Calleja, de 62 anos, era um membro importante do bureau político de Cuba, principal órgão de tomada de decisão do Partido Comunista. Ele já foi casado com a filha do ex-líder cubano Raúl Castro, Deborah.

Um artigo curto no jornal do partido Granma lamentou a morte de López-Calleja e saudou seu “histórico brilhante de serviços à Pátria e à Revolução Cubana”.

López-Calleja era discreto, raramente aparecia em fotos ou na televisão, mas sua influência, especialmente na economia, havia aumentado significativamente desde que o atual presidente, Miguel Díaz-Canel, sucedeu Castro em 2018.

Um confidente próximo de Castro, López-Calleja também dirigiu o Gaesa, um conglomerado de empresas militares que administra grande parte da economia cubana, dos hotéis de luxo para turistas aos supermercados que vendem produtos cubanos em moedas estrangeiras.

A morte do general, que também era conselheiro de Díaz-Canel, não deve reduzir a importância do Gaesa, mas é um revés para sua liderança, de acordo com William LeoGrande, professor de Governo na Universidade Americana em Washington.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Mundo

Atendimento do Serviço 156 de Porto Alegre recebe mais de 13 mil ligações na semana
Fifa estuda reduzir tempo das partidas de futebol para evitar “cera”
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa News