Terça-feira, 16 de Abril de 2024

Home Brasil Governo derruba exigência de máscaras em locais fechados de trabalho

Compartilhe esta notícia:

O governo federal publicou, nesta sexta-feira (1º), uma portaria interministerial que desobriga o uso de máscaras de proteção facial em ambientes fechados de trabalho.

O documento foi assinado pelos Ministérios da Saúde e do Trabalho e publicado no Diário Oficial da União (DOU). A medida faz parte das ações do governo federal para flexibilizar as restrições sanitárias diante da queda de casos e óbitos de Covid nas últimas semanas.

Segundo a portaria, se houver alerta de aumento de casos de Covid-19 localmente, a medida deve ser “reavaliada, e o equipamento, fornecido para todos os trabalhadores”.

Profissionais de saúde e outros: grupos que estão expostos a uma grande circulação de pessoas durante o dia de trabalho, como caixas de supermercado, cobradores de ônibus e profissionais que trabalham em hospitais, devem continuar usando a proteção, mesmo que não seja obrigatório.

Apesar da flexibilização, a portaria ainda exige distanciamento mínimo de 1 metro entre funcionários e público no ambiente de trabalho; prazo de afastamento de 10 dias para funcionários com Covid; e teletrabalho para integrantes de grupos de risco.

Também será obrigatório afastar, por 10 dias, os trabalhadores que não têm esquema vacinal completo e tiveram contato próximo de casos confirmados de Covid.

“A organização deve adotar medidas necessárias para prevenção, controle e mitigação dos riscos de transmissão da Covid-19 nos ambientes de trabalho”, consta no documento.

Flexibilização

A desobrigação do uso das máscaras já havia sido anunciada pelo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, em coletiva de imprensa na quarta-feira (30). Mais cedo, no mesmo dia, o chefe da pasta confirmou que pretendia flexibilizar o uso da proteção facial em locais fechados e os testes para turistas, até o fim da semana.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Ucrânia relata que tropas russas abandonaram Central de Chernobyl
Supremo forma maioria a favor de medidas contra deputado Daniel Silveira
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Show de Notícias