Sexta-feira, 21 de Junho de 2024

Home Porto Alegre Homenagem a compositores locais marca a retomada dos concertos musicais na Cinemateca Capitólio, em Porto Alegre

Compartilhe esta notícia:

Após dois anos fora de cartaz devido à pandemia de coronavírus, os concertos de música clássica voltam à Cinemateca Capitólio às 11h30min deste sábado (7), com entrada franca e destaque à obra de compositores locais da atualidade. A instituição é vinculada à Secretaria Municipal da Cultura (SMC) e fica na esquina da rua Demétrio Ribeiro com Borges de Medeiros, no Centro Histórico de Porto Alegre.

Com periodicidade mensal (sempre no primeiro sábado de cada mês), a retomada dos espetáculos eruditos faz parte da programação comemorativa dos 250 anos da capital gaúcha.

O primeiro autor homenageado será Dimitri Cervo, que terá como convidados o Quarteto Veríssimo e a cantora mezzo-soprano Angela Diel, interpretando “O Mapa”, de Mario Quintana. A apresentação tem duração prevista de 45 minutos.

As próximas edições da série terão em seus repertórios pelas de Arthur Barbosa, Catarina Domenici, Daniel Wolff e Vagner Cunha, dentre outros. Confira, a seguir o programa deste sábado:

Programa

– “Ensueno”, para quarteto de cordas, com Quarteto Veríssimo;
– “Quarteto de Cordas nº 1”, com Quarteto Veríssimo;
– “O Mapa [Estreia]” e “Motivo, para mezzo e quarteto, com Quarteto Veríssimo e Angela Diel;
– “Tema para Filme 1º e 7º [Estreia]”, para piano solo, com piano de Dimitri Cervo;
– “Aiamguabê”, para quarteto e piano, com Quarteto Veríssimo e Dimitri Cervo;
– “Uguabê” para quarteto e piano, com Quarteto Veríssimo e Dimitri Cervo.

Músicos

– Piano: Dimitri Cervo
– Mezzo-Soprano: Angela Diel
– Quarteto Veríssimo
– 1º Violino: Francisco Coser
– 2º Violino: Mariana Teneos
– Viola: Leonardo Bock
– Violoncello: Philip Mayer

Compositor

Nascido em 1968 na cidade gaúcha de Santa Maria (Região Central), Dimitri Cervo é um compositor brasileiro de projeção, como criador de obras multifacetadas e amplamente apresentadas, como “Toronubá”, “Abertura Brasil 2012” e “As Quatro Estações Brasileiras”.

Seus discos já receberam seis Prêmios Açorianos, nas categorias Melhor Compositor” e “Disco Erudito”. Como intérprete de sua própria obra, tem atuado como regente junto a diversos conjuntos e orquestras.

Em 2019 lançou o CD “Música Sinfônica”, conduzindo repertório autoral frente à Orquestra Sinfônica da Venezuela. E no ano passado estreou a sua obra “As Quatro Estações Brasileiras”, para violino e orquestra, regendo a Orquestra Sinfônica de sua cidade natal. Recentemente, teve obras gravadas pelo trompetista Fabio Brum em dois CDs para o selo Naxos.

Também mantém atividade docente: é professor titular do Departamento de Música do Instituto de Artes da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), um dos mais conceituados do País.

(Marcello Campos)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Porto Alegre

Vereadores aprovam lei que proíbe uso de linguagem neutra em escolas de Porto Alegre
Bloco do DMLU no carnaval de Porto Alegre alerta sobre a correta separação de resíduos
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Show de Notícias