Terça-feira, 05 de Julho de 2022

Home Porto Alegre Hospital de Pronto Socorro de Porto Alegre alerta para a prevenção de queimaduras nos dias frios

Compartilhe esta notícia:

A onda de frio que avança sobre o Rio Grande do Sul nesta semana fará com que mais pessoas recorram a aquecedores elétricos e lareiras para esquentar os ambientes. Com a intenção de prevenir acidentes, principalmente as queimaduras, o HPS (Hospital de Pronto Socorro) divulgou os principais cuidados que a população deve tomar.

De acordo com o coordenador de enfermagem da UTI de Queimados do HPS, Tiago Fontana, a maioria das queimaduras pode ser evitada se a população for mais cautelosa. “Antes de ligar, acender ou ativar aquecedores, estufas, lençóis térmicos, lareiras e outros utensílios, o usuário deve ficar atento e observar cada manual de instruções. Nossa orientação é que sempre sejam adquiridos produtos certificados e com garantia”, afirmou.

A unidade de queimados do HPS é considerada referência no Rio Grande do Sul. Conforme Fontana, grande parte das internações são de outros municípios. “Recebemos uma média de 140 queimados por mês de todo o Estado. Destes, 20 precisam de internação”, revelou.

No primeiro quadrimestre de 2021, o HPS efetuou 476 atendimentos de pacientes com queimaduras, sendo que 63 pacientes precisaram de internação. Já em 2022, no mesmo período, foram realizados 614 atendimentos, com 69 internações. “Podemos observar um aumento de 29% dos atendimentos em relação ao ano interior”, destacou Fontana.

Com a queda das temperaturas nos próximos dias, a tendência é que o número de ocorrências aumente. “Algumas pessoas tentam economizar e fazer objetos improvisados para obter aquecimento. Contudo, o risco de acidentes e de incêndios é muito grande”, alertou Fontana.

Para evitar, acidentes é preciso seguir as seguintes recomendações:

– Não deixar crianças e idosos próximos ao fogo ou a materiais potencialmente inflamáveis.
–  Evitar a utilização de líquidos inflamáveis para fazer fogo (álcool e gasolina, por exemplo).
– Observar atentamente o manual de instruções de equipamentos do tipo lareiras ecológicas.
– Evite o emprego de instrumentos improvisados de aquecimento.
–  Não use aquecedores, estufas e lençóis térmicos ligados na mesma tomada com outros aparelhos.
– Tenha cuidado ao reabastecer o combustível da lareira ecológica: aguarde esfriar antes de reacender o fogo.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Porto Alegre

Brasil precisará qualificar 9,6 milhões de trabalhadores até 2025 para atender às necessidades das indústrias
Homem que matou a companheira com golpes de martelo é preso em Porto Alegre
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Madrugada