Sexta-feira, 19 de Agosto de 2022

Home Economia Inflação para o consumidor acumula alta de 9,63% nos últimos 12 meses no Brasil

Compartilhe esta notícia:

O IPC-S (Índice de Preços ao Consumidor – Semanal) variou 0,53% na primeira semana deste mês, segundo dados divulgados nesta segunda-feria (10) pela FGV (Fundação Getulio Vargas). Na apuração anterior, o índice havia ficado em 0,57%. A inflação para o consumidor acumula alta de 9,63% nos últimos 12 meses no País.

Nesta apuração, quatro das oito classes de despesa componentes do índice registraram decréscimo em suas taxas de variação. A maior contribuição para o resultado do IPC-S partiu do grupo transportes, cuja taxa de variação passou de 0,28% na quarta semana de dezembro de 2021 para -0,08% na primeira semana de janeiro. Nessa classe de despesa, cabe mencionar o comportamento do item gasolina, cujo preço variou -1,16%, ante -0,36% na edição anterior do IPC-S.

Também registraram decréscimos em suas taxas de variação os grupos habitação (1,10% para 0,91%), despesas diversas (0,11% para 0,09%) e educação, leitura e recreação (0,56% para 0,51%). Nessas classes de despesa, vale destacar o comportamento dos itens tarifa de eletricidade residencial (3,06% para 2,22%), alimentos para animais domésticos (0,73% para 0,50%) e passagem aérea (2,84% para -2,13%).

Em contrapartida, os grupos alimentação (0,72% para 1%), vestuário (0,97% para 1,36%) e saúde e cuidados pessoais (0,21% para 0,26%) apresentaram avanço em suas taxas de variação. Nessas classes de despesa, vale citar os itens frutas (9,34% para 11,70%), roupas femininas (1,04% para 1,78%) e artigos de higiene e cuidado pessoal (0,27% para 0,52%).

O grupo comunicação repetiu a taxa de variação de -0,08% registrada na última apuração. As principais influências partiram dos itens combo de telefonia, internet e TV por assinatura (-0,16% para -0,12%), em sentido ascendente, e serviços de streaming (0,78% para 0,19%), em sentido descendente.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Economia

Saiba o que mudou no empréstimo consignado neste ano
Saiba quem são as vítimas da queda de rochas sobre lanchas em Minas Gerais
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde