Terça-feira, 28 de Maio de 2024

Home Flávio Pereira Luciano Hang: “Para que o mal triunfe, basta que os bons fiquem de braços cruzados”

Compartilhe esta notícia:

O empresário Luciano Hang, dono das lojas Havan, através de uma live realizada em suas redes sociais, comentou ontem a importância das eleições deste ano e orientou que cidadãos pesquisem e se informem sobre suas escolhas, não somente para a escolha do Presidente da República, mas também para cargos de Deputado estadual, Deputado federal, Governador, e Senador.

O alerta de Luciano Hang:

“Para que o mal triunfe, basta que os bons fiquem de braços cruzados. Você quer ficar de braços cruzados e perder o seu país? Jamais. Como eu, não importa qual a sua profissão, não importa o que você faz da sua vida, você vai lutar pelo nosso país. Não podemos perder a oportunidade, neste ano, de mudar nosso país para as próximas gerações. Este ano é o bicentenário da independência. Este ano, temos a eleição mais importante da nossa História. O que nós fizermos neste ano vai nos levar ou para o Céu ou para o Inferno. É o bem contra o mal. É a democracia contra o comunismo”.

Hang ainda acrescentou: “o que está em jogo é a nossa liberdade. É preciso tirar a b**** da cadeira. Se você não gosta da política, se você não luta pela política, você vai ser comandado por aqueles que gostam. A gente fez de tudo para colocar o presidente Jair Bolsonaro, mas ele não é o salvador da Pátria. Precisamos, agora, eleger bons senadores e bons deputados federais, não só o presidente”.

Denúncias da CPI do Circo ganham espaço no período eleitoral

Ontem, informa o site do STF, o ministro Alexandre de Moraes enviou à PGR pedido de indiciamento do presidente da República Jair Bolsonaro, nos autos do inquérito 4888.

O pedido encaminhado à PGR, toma por base inquérito da Polícia Federal propondo o indiciamento do presidente da República, Jair Bolsonaro, por incitação ao crime. O despacho do ministro consta do Inquérito (INQ) 4888, aberto a pedido da Comissão Parlamentar de Inquérito da Pandemia, a famosa CPI do Circo.

O envio para manifestação da PGR é medida de praxe e faz parte do trâmite processual, uma vez que cabe ao órgão apresentar eventual acusação contra autoridades com prerrogativa de foro no STF.

Entenda o caso

Na transmissão mencionada no inquérito, Bolsonaro leu uma notícia publicada pela revista Exame, citando a publicação científica “The Lancet”, de que pessoas vacinadas contra a covid estariam propensas a desenvolver a síndrome da imunodeficiência adquirida.

Após a reportagem, a revista alterou o título original da matéria: “Algumas vacinas contra a covid podem aumentar o risco de HIV”, colocando uma interrogação ao final.

Jair Bolsonaro comentou o texto publicado pela revista Exame: “Um estudo publicado no jornal científico The Lancet está causando preocupação na comunidade médica que tenta desenvolver uma vacina contra a covid. Isso porque de acordo com pesquisadores, algumas vacinas que usam um adenovírus específico no combate ao vírus SARS-CoV-2 podem aumentar o risco de que pacientes sejam infectados com HIV, o vírus da aids — para isso, a pessoa precisa ser exposta ao vírus.”

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Flávio Pereira

Paulo Guedes promete reduzir mais impostos para criar mais empregos
PGR joga dentro das quatro linhas: pede arquivamento das bobagens da CPI da Covid
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa News