Domingo, 23 de Junho de 2024

Home Mundo Lula lamenta morte de brasileiro refém do Hamas: “Imensa tristeza”

Compartilhe esta notícia:

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva lamentou nesta sexta-feira (24) a morte do brasileiro Michel Nisenbaum, refém do grupo terrorista Hamas na Faixa de Gaza. O corpo de Michel foi encontrado junto com os de outros dois reféns israelenses durante uma operação do Exército de Israel na Faixa de Gaza.

“Soube, com imensa tristeza, da morte de Michel Nisembaum, brasileiro mantido refém pelo Hamas. Conheci sua irmã e filha e sei do amor imenso que sua família tinha por ele. Minha solidariedade aos familiares e amigos de Michel. O Brasil continuará lutando, e seguiremos engajados nos esforços para que todos os reféns sejam libertados, para que tenhamos um cessar-fogo e a paz para os povos de Israel e da Palestina”, afirmou Lula nas redes sociais.

Em dezembro do ano passado, o presidente recebeu familiares do brasileiro no Palácio do Planalto, em Brasília. Ele havia sido sequestrado no dia 7 de outubro, quando o Hamas atacou Israel.

Nascido em Niterói (RJ), Michel tinha 59 anos. Ele morava em Sderot, perto da Faixa de Gaza, desde os 12 anos. O brasileiro tinha cidadania israelense  e trabalhava com tecnologia da informação. Ele deixou duas filhas e cinco netos.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Mundo

Azul e Gol anunciam acordo para compartilhar voos domésticos
Bairro de Cruzeiro do Sul, no Vale do Taquari, é evacuado por risco de deslizamento
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde