Segunda-feira, 16 de Maio de 2022

Home Celebridades Marcello Novaes fala da chegada aos 60 anos

Compartilhe esta notícia:

Dois mil e vinte e dois é um ano de comemorações simbólicas para Marcello Novaes. Ele está completando 40 anos de carreira e em agosto fará 60 de idade. Ele conta que as datas trazem reflexões e um sentimento de realização:

“Eu olho para trás e vejo que foi uma trajetória muito bacana. Eu construí um lugar legal profissionalmente sem nunca ter passado por cima de ninguém. Lembro que na juventude eu olhava para atores como o Tony Ramos, com 30 anos de TV Globo, e achava aquilo incrível. Cito o Tony porque ele é para mim um exemplo de caráter e de profissional. Agora eu já estou com mais de três décadas de casa, sem nunca ter saído. Isso é realizador. E fisicamente, não me sinto com 60. Tenho uma ótima disposição”, diz.

Novaes acaba de voltar ao ar em “Além da Ilusão”, novela das 18h. Na trama, ele interpreta Eugênio, homem honesto e justo que viverá uma paixão proibida com Violeta (Malu Galli), uma mulher casada:

“São poucas as novelas que eu leio o primeiro capítulo e já fico realmente animado. Aconteceu com ‘Avenida Brasil’ e algumas outras. E com essa também foi assim. A história é muito envolvente e dinâmica. Sempre está acontecendo algo importante na trama. Eu arrisco dizer que vamos ganhar alguns prêmios com ‘Além da ilusão’.”

Recentemente, ele precisou ficar afastado das gravações por dez dias após contrair covid. De volta ao trabalho, já curado da doença, revela que ainda tem sintomas:

“Estou me sentindo com cinquenta por cento do meu condicionamento físico. Espero melhorar logo, porque são tantas notícias sobre sequelas e desdobramentos da covid que a gente se assusta. Mas, eu sempre me alimentei muito bem e fiz exercícios. Acho que logo estarei totalmente recuperado”, afirma o ator.

Quando não está trabalhando, ele se divide entre o Rio de Janeiro e a Região Serrana do Estado, onde tem um sítio.

“Neste período da pandemia eu fiquei praticamente o tempo todo no sítio. Foi algo muito positivo esse contato com a natureza. Me fez sentir que a gente precisa de muito menos do que pensa para viver bem. O Rio de Janeiro anda caótico e lá eu consigo ficar em paz. Eu tenho uma oficina, onde faço trabalhos de marcenaria e outras artes manuais, algo que eu adoro. Os primeiros 120 dias da pandemia eu fiquei junto com os meus filhos lá. Depois fiquei sozinho”, destaca.

Solteiro, Marcello afirma que gostaria de encontrar uma companheira para a vida, mas que isso não é algo que lhe angustie:

“Estou solteiro há muitos anos. Antigamente eu achava que ter uma pessoa era parte fundamental para ser feliz. Hoje, a minha cabeça mudou e eu lido muito bem com isso. Claro, eu gostaria de ter alguém ao meu lado e acho que vai aparecer uma hora.”

Pai de Diogo, de seu relacionamento com a empresária Sheyla Beta, e de Pedro, do relacionamento com Leticia Spiller, o ator não esconde o orgulho dos filhos:

“Eu e as mães deles demos muita sorte de termos criado dois caras equilibrados, respeitadores, do bem e que não têm qualquer tipo de preconceito. Estamos sempre juntos. No Rio, eles moram numa casa atrás de minha. A gente sempre está combinando também de passar dias seguidos juntos, seja no sítio ou viajando. No ano passado, por exemplo, fizemos um tour pela Europa.”

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Celebridades

Facebook e Instagram crescem como pontos de venda de falsificações de grifes
Para se prevenir do Alzheimer coloque o cérebro para trabalhar. É possível começar os cuidados ainda na infância
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde