Segunda-feira, 15 de Abril de 2024

Home em foco Margareth Menezes diz que aceitou convite de Lula para o Ministério da Cultura

Compartilhe esta notícia:

A cantora Margareth Menezes informou nessa terça-feira (13) que aceitou o convite do presidente eleito, Lula (PT), para assumir o Ministério da Cultura a partir de 2023. Ela deu a declaração ao conceder entrevista coletiva no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) em Brasília, onde atua a equipe de transição de governo.

Mais cedo, nessa terça, a artista se encontrou com Lula no hotel onde o presidente eleito está hospedado na capital federal.

“Foi uma conversa [com Lula] muito animadora para a gente que é da área da cultura. Nós conversamos, e eu aceitei a missão. Recebo isso como uma missão mesmo. Foi uma surpresa para mim também”, declarou a artista.

Em seguida, ela acrescentou que existe a “necessidade de a gente fazer uma força-tarefa para a gente levantar o Ministério da Cultura”.

“Agora é isso: a gente juntar todo mundo, a gente ouvir todo mundo, a gente levantar primeiro o ministério e fazer a cultura do Brasil no lugar que ela sempre merece de reconhecimento, que sempre foi reconhecida no mundo inteiro todas as áreas da cultura. As culturas populares, a gente reascender o caminho que foi criado.”

Na semana passada, Lula anunciou cinco ministros do futuro governo:

— Fernando Haddad (Fazenda);
— José Múcio Monteiro (Defesa);
— Flávio Dino (Justiça);
— Rui Costa (Casa Civil);
— Mauro Vieira (Relações Exteriores).

A expectativa é que Lula anuncie mais ministros nesta semana.

Encontro 

Ao chegar ao hotel de Lula nesta terça, ela foi questionada se já havia recebido o convite do presidente eleito para assumir a pasta. A cantora, então, respondeu que conversaria com o presidente eleito.

Indagada, em seguida, sobre o tema da reunião, informou que o encontro seria “sobre o ministério”.

O Ministério da Cultura foi extinto pelo governo Jair Bolsonaro e transformado em uma secretaria vinculada ao Ministério do Turismo. Durante a campanha, Lula disse que, se eleito, iria recriar o Ministério da Cultura.

Currículo

Margareth Menezes tem mais de 10 álbuns lançados, várias indicações ao Grammy e fez mais de 20 turnês internacionais. A cantora também fundou a Associação Fábrica Cultural, de combate ao trabalho infantil, exploração sexual e outras violações de direitos.

Ela deve participar do show da posse de Lula, ao lado de outros artistas, como Paulinho da Viola, pastor Kleber Lucas e Leonardo Gonçalves. A opção por um artista para comandar a Cultura se assemelha à fórmula usada por Lula no primeiro mandato, quando o presidente optou por Gilberto Gil.

 

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de em foco

Polícia Federal diz que vai investigar danos ao patrimônio da União causados por vândalos em Brasília
Equipe de transição preparou 23 páginas com sugestões de revogar atos de Bolsonaro
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa News