Quarta-feira, 19 de Junho de 2024

Home em foco Ministro da Reconstrução do Rio Grande do Sul afirma que a prioridade é drenar a água empoçada no Estado

Compartilhe esta notícia:

O ministro extraordinário da Reconstrução do Rio Grande do Sul, Paulo Pimenta, afirmou que, no momento, a prioridade é drenar a água empoçada em Porto Alegre e nos municípios da Região Metropolitana.

Segundo ele, o governo federal estuda, junto a prefeitos e ao governo gaúcho, uma forma de escoar a água. O ministro afirmou que os gaúchos poderão usar bombas da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo e também as utilizadas na transposição do rio São Francisco.

O transporte dos equipamentos ao RS seria feito com o auxílio das Forças Armadas. “Se nós não tivermos um sistema capaz de jogar essa água para fora, ela vai demorar meses”, disse o ministro em entrevista na quinta-feira (16).

Pimenta destacou que a Região Metropolitana de Porto Alegre fica quase no nível do mar e é permeada por muitos rios, por isso, a área é protegida por sistema de diques para impedir a entrada de água nas cheias.

“Infelizmente, nessa grande enchente, vários desses diques vazaram. Com isso, as cidades estão embaixo d’água. Mesmo que o rio baixe, a água não vai embora. São milhares de residências. Isso não nos permite sequer saber quantas casas foram atingidas, quantas casas ainda poderão ser recuperadas” explicou Pimenta.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de em foco

Concessionárias não conseguem vender veículos desde o dia 7 deste mês no Rio Grande do Sul
Novo DPVAT: Lula sanciona com vetos a lei que determina a volta do seguro obrigatório para veículos
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Show de Notícias