Terça-feira, 23 de Abril de 2024

Home Eleições 22 Ministro do Tribunal Superior Eleitoral determina que Bolsonaro não pode usar discurso na ONU na sua campanha

Compartilhe esta notícia:

O ministro do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) Benedito Gonçalves determinou que o presidente e candidato à reeleição, Jair Bolsonaro (PL), seja proibido de utilizar, na campanha eleitoral, imagens do discurso que ele fez na Assembleia Geral da ONU (Organização das Nações Unidas), em Nova York (EUA).

A decisão, tomada na quarta-feira (21), é liminar e deve ser analisada pelo colegiado de ministros. Gonçalves se manifestou ao analisar uma ação enviada ao TSE pelo presidenciável Ciro Gomes (PDT), que alegou que a campanha de Bolsonaro não pode usar o aparato estatal nem atividades de chefe de Estado para promover a candidatura à reeleição.

O presidente discursou na ONU na terça-feira (20). Na ocasião, ele fez um balanço das ações do seu governo. Na decisão, o ministro do TSE, que também é corregedor eleitoral do tribunal, reforçou a proibição da reprodução de imagens da viagem oficial de Bolsonaro à Inglaterra. No início desta semana, o presidente foi a Londres para participar do funeral da rainha Elizabeth II. Na sua estadia na capital inglesa, ele falou com apoiadores em frente à embaixada do Brasil.

Para o ministro, o uso das imagens na propaganda eleitoral poderia ferir a isonomia entre os candidatos, pois faria com que a atuação do chefe de Estado, inacessível a qualquer dos demais adversários, fosse explorada para projetar a imagem do candidato.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Eleições 22

CBF anuncia calendário do futebol masculino para 2023
Parcela de setembro do Auxílio Brasil é paga aos beneficiários com Número de Inscrição Social com final 4
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde