Quinta-feira, 18 de Julho de 2024

Home Esporte Monumentos e prédios ganham iluminação especial em homenagem a Pelé

Compartilhe esta notícia:

A morte de Pelé, nesta quinta-feira (29), desencadeou uma série de homenagens em todo o país. De artistas e atletas a autoridades públicas, as manifestações foram diversas. Nas cidades, monumentos de destaque foram escolhidos para desempenhar o papel de prestar condolências ao rei.

No Rio de Janeiro, o Cristo Redentor se acendeu em verde e amarelo como forma de homenagear o eterno camisa 10 da Seleção Brasileira.

Já em São Paulo, um dos escolhidos foi o prédio da Fiesp, na avenida Paulista.

O monumento ao Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, começou a ser iluminado com as cores verde e amarela no início da noite desta quinta.

A informação foi divulgada pelo Santuário Arquidiocesano Cristo Redentor, responsável pela estátua que se tornou símbolo do Brasil.

No prédio da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), localizado na Avenida Paulista, em São Paulo, a imagem do craque foi destacada em um fundo amarelado.

O Governo de São Paulo também escolheu as cores verde e amarelo para iluminar a fachada do Palácio dos Bandeirantes em homenagem a Pelé.

O governador Rodrigo Garcia decretou luto oficial de sete dias. Além disso, os portais do Governo do Estado de São Paulo e das secretarias de Estado, além das redes sociais, trazem o laço preto e a coroa dourada.

Tri

Com apenas 17 anos, Pelé foi campeão do mundo em 1958, na Suécia. O então garoto fez seis gols em sua primeira Copa do Mundo e foi o artilheiro do Brasil. Nessa edição, Pelé foi chamado pelos franceses de Rei do Futebol. O primeiro gol de Pelé em uma Copa do Mundo foi contra o País de Gales.

No mundial do Chile, em 1962, Pelé fez o gol antológico no primeiro jogo, contra o México. Acabou sofrendo uma contusão no segundo jogo e ficou de fora do restante do campeonato. Nílton Santos, Didi, Zagallo, Vavá e Garrincha, garantiram o bicampeonato do Brasil.

Em 1970, na Copa do México, Além de Pelé, a seleção tinha outros grandes nomes do futebol, como Jairzinho, Rivelino, Carlos Alberto, Clodoaldo, Tostão, Gérson e Félix. Muitos consideram essa seleção a melhor de todos os tempos. Pelé fez quatro gols na Copa do México, incluindo o primeiro da final contra a Itália.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Esporte

Presidente do Supremo pede informações a Bolsonaro sobre indulto natalino
Morte de jovem em São Gabriel: oito brigadianos são indiciados por obrigar um homem a falsa confissão do crime
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Madrugada