Quarta-feira, 19 de Janeiro de 2022

Home Você viu? “O Brasil tá lascado”; “Chega de mimimi”: Veja 25 frases que marcaram 2021

Compartilhe esta notícia:

O ano de 2021 foi muito movimentado no Brasil e no mundo. Durante os últimos 12 meses, diversas frases proferidas por personalidades nacionais e internacionais repercutiram entre a população.

Confira a seguir as 25 frases que marcaram o ano:

1) “Vacinar-se, com as vacinas autorizadas pelas autoridades competentes, é um ato de amor” — papa Francisco, ao defender que a vacinação pode pôr fim à pandemia, mas para isso tem que chegar a todos.

2) “Preciso cuidar da saúde mental” — Simone Biles, ginasta norte-americana, ao anunciar a desistência das provas em equipe e individual na Olimpíada de Tóquio, nas quais era favorita.

3) “Por favor, é fome!” — Homem que implorou por comida a moradores da 106 Norte, em Brasília, e comoveu milhares de pessoas ao aparecer em vídeo nas redes sociais.

4) “O Brasil tá lascado” — Gil do Vigor, economista e ex-BBB 21, em bordão criado durante o reality show.

5) “Chega de frescura, de mimimi. Vão ficar chorando até quando?” — Jair Bolsonaro, presidente da República, ao criticar as medidas de restrição adotadas diante da pandemia da covid-19.

6) “A nossa dor não é mimimi, nós não somos palhaços” — Márcio Antônio Silva, taxista que perdeu o filho por complicações da covid-19, em audiência pública da CPI da Covid, criticando a gestão federal do combate à doença.

7) “Um passo para um homem e um salto para os evangélicos” — André Mendonça, novo ministro do Supremo Tribunal Federal, em pronunciamento após vitória da indicação no Senado.

8) “Eu sou gay. E tenho orgulho disso” — Eduardo Leite, governador do Rio Grande do Sul, em entrevista ao programa Conversa com Bial, da TV Globo.

9) “Nós não somos invisíveis, nós somos invisibilizadas”, — Carmen Lúcia, ministra do STF, em seminário do Tribunal Superior Eleitoral sobre a presença de mulheres na política.

10) “A verdade é uma só: o estado assassinou a minha filha”, — Jaqueline Oliveira, mãe de Kathlen Romeu, depois de o Ministério Público do Rio de Janeiro denunciar cinco policiais militares envolvidos na ocorrência que terminou com a morte da filha, em junho.

11) “Melhor perder a vida do que a liberdade” — Marcelo Queiroga, ministro da Saúde, sobre a exigência de vacinação completa (ou o passaporte da vacinal) para viajantes estrangeiros que chegam ao Brasil.

12) “Estamos discutindo de que borda da Terra plana vamos pular”, Luana Araújo, médica infectologista, em depoimento à CPI da Covid, sobre o tratamento precoce e o uso de medicamentos comprovadamente ineficazes contra a covid-19.

13) “A primeira má notícia é essa: por conta das queimadas e do desmatamento, a Amazônia, hoje, é uma fonte de carbono”, — Luciana Vanni Gatti, pesquisadora do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) comentando estudo que liderou e foi publicado na revista científica Nature.

14) “Eu estava de férias” — Marcos Pontes, ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, sobre o governo divulgar 5 dias após o fim da COP26 relatório que já estava pronto e apontava o maior desmatamento em 15 anos na Amazônia.

15) “Cadê a vacina, meu Deus?” — Paulo Gustavo, ator e humorista, que morreu com a Covid-19, em postagem no Instagram 10 dias antes de ser internado.

16) “Sua família não é melhor que a minha” — Fabiano Contarato, senador, ao responder a frase homofóbica postada em rede social pelo depoente da CPI da covid-19, o empresário bolsonarista Otávio Fakhoury.

17) “Não tenham medo” — Mônica Calazans, enfermeira, ao ser a primeira vacinada da campanha de imunização contra a covid-19 no Brasil.

18) “A última vez que eu corri foi para tentar me salvar da morte” — Kelen Giovana Leite Ferreira, sobrevivente do incêndio na Boate Kiss, em depoimento ao júri do caso em Porto Alegre, que teve parte da perna amputada e 18% do corpo queimado.

19) “Pago R$ 140 mil de aluguel para motoboy sentar aqui?” — Sócio do restaurante Abbraccio, no DF, ao discutir com entregador sobre o motivo de ele usar o espaço do ParkShopping para carregar o celular.

20) “Meu filho dizia que ele era um homem mau” — Monique Medeiros, mãe de Henry Borel, que é acusada da morte do menino, em mensagens escritas da cadeia nas quais acusa Dr. Jairinho.

21) “Roubei porque estava com fome” — Presa por furtar comida, mãe de cinco filhos que teve o pedido de liberdade negado duas vezes em São Paulo, após furtar uma Coca-Cola de 600 ml, dois pacotes de macarrão instantâneo e um pacote de suco em pó.

22) “A gente não pode entrar lá para salvar o bicho, senão a gente morre queimado” — Adelson Oliveira, brigadista, em vídeo sobre combate ao incêndio no Parque do Juquery, na Grande SP.

23) “Esses ‘paraíbas’ fazem um pouquinho de sucesso e acham que podem tudo” — Antônia Fontenelle, atriz e youtuber ao se posicionar contra Dj Ivys, flagrado em vídeo agredindo a ex-mulher.

24) “Estarei com vocês. Vamos andar até o Capitólio e felicitar nossos bravos senadores e congressistas. (…) Vamos parar com o roubo [das eleições]” — Donald Trump, ex-presidente dos EUA, em discurso a apoiadores em Washington, pouco antes da invasão do Capitólio em protesto contra o suposto “roubo” na eleição que deu vitória a Joe Biden.

25) “Você é tão velha quanto se sente” — Elizabeth II, rainha do Reino Unido, ao rejeitar prêmio “Velhinha do Ano” concedido por uma revista britânica.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Você viu?

Relembre as principais brigas familiares de famosos em 2021
H3N2: conheça os principais sintomas da variante que está causando surtos pelo País
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa News