Domingo, 22 de Maio de 2022

Home em foco Óbitos causados pela covid chegam a 36.644 no Rio Grande do Sul. Em menos de uma semana, foram registrados mais de 100 mil novos casos da doença

Compartilhe esta notícia:

Boletim oficial divulgado nesta segunda-feira (24) acrescentou 5 mortes à estatística do coronavírus no Rio Grande do Sul, que acumula 36.644 casos fatais de covid desde que a OMS (Organização Mundial da Saúde) declarou que o mundo vivia uma pandemia, em março de 2020. Os falecimentos mais recentes abrangem idosos com idades entre 77 e 91 anos.

As perdas humanas mais recentes são mencionadas a seguir, em ordem alfabética conforme a cidade onde residiam (e não do hospital onde ocorreu o falecimento), com menção também ao gênero (feminino ou masculino) e idade.

— Cruz Alta (homem, 79 anos);
— Guaíba (mulher, 91 anos);
— Nonoai (homem, 77 anos);
— Porto Alegre (homem, 85 anos);
— Porto Alegre (homem, 90 anos).

Casos

No que se refere ao número de diagnósticos positivos, só nesta segunda foram somados 5.754 novos casos. Nos últimos seis dias, o Estado registrou mais de 100 mil novos episódios da doença causada pelo coronavírus. São 1.704.958 casos já adicionados à estatística.

Vacinação

Segundo atualização de sexta-feira (22) do boletim de vacinação, a última até o momento, desde o início da campanha vacinal no Brasil, em janeiro do ano passado, 81,1% da população residente em território gaúcho recebeu ao menos uma dose de imunizante. Com esquema completo (duas doses com ou sem reforço), são 72,4%. A dose de reforço já foi recebida por 21,3%.

O total de doses aplicadas chega a 19.761.240.

Hospitalizações e UTIs

A taxa geral de ocupação de leitos de UTI no Estado é de 60,5%. São 1.874 pacientes distribuídos em 3.095 leitos de UTI. Hoje, são 1.221 leitos livres.

Imunização infantil

A prefeitura de Porto Alegre amplia, a partir desta terça-feira (25) o público apto a receber a dose pediátrica da Pfizer/BioNTech. Poderão receber a dose todas as crianças a partir de 9 anos. A vacinação de indígenas, quilombolas, autistas, com comorbidades e deficiência a partir de 5 anos será mantida.

A imunização estará disponível em sete unidades de saúde, das 8h às 17h:

— Chácara da Fumaça

— Clínica da Família IAPI

— Clínica da Família José Mauro Ceratti Lopes

— Moab Caldas

— Nova Brasília

— Santa Marta

— Santo Alfredo.

Já a vacinação para a população acima de 12 anos irá ocorrer em 41 locais: Shopping João Pessoa e 40 unidades de saúde – seis delas com atendimento até as 21h (Belém Novo, Diretor Pestana, Primeiro de Maio, Ramos, São Carlos e Tristeza).

A aplicação da dose de reforço estará disponível para vacinados com a primeira dose de Janssen até 25 de novembro (dois meses) e para vacinados com a segunda dose dos demais imunizantes até 25 de setembro (quatro meses). Já a quarta dose estará disponível para imunossuprimidos acima de 18 anos vacinados com a terceira dose até 25 de setembro (quatro meses).

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de em foco

Após negar, Bento XVI emite comunicado admitindo presença em reunião sobre padre denunciado por abuso sexual
Ministério da Saúde prevê explosão de casos de covid no Brasil em fevereiro
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa News