Sexta-feira, 19 de Agosto de 2022

Home Economia Oportunidade para os brasileiros: investir em imóveis em Portugal é mais fácil e rentável que no Brasil

Compartilhe esta notícia:

Nem só belas paisagens e a famigerada qualidade de vida da população destacam Portugal no mapa. O destino é também um dos melhores países para se investir. Além de uma taxa de juros nominal que gira em torno de apenas 1% ao ano, os preços atrativos e a segurança fiscal e jurídica portuguesa contribuem para tornar o imobiliário no país um setor competitivo e confiável.

Membro da União Europeia, Portugal é a 34ª economia mais competitiva do mundo, segundo o Índice de Competitividade Global de 2019, produzido pelo Fórum Econômico Mundial, enquanto o Brasil ocupa o 71º lugar. Com regras fiscais claras e transparentes – 32ª posição entre 180 nações no Índice de Percepção da Corrupção 2021, da Transparência Internacional -, o país proporciona facilidades para a obtenção de autorização de residência e um regime especial para residentes não habituais, visando atrair investidores estrangeiros através de taxas tributárias altamente favoráveis sobre o rendimento.

Para estrangeiros, não residentes, os bancos também liberam financiamento de até 70% do valor do imóvel, de acordo com o perfil do cliente em análise. Ou seja, mesmo vivendo e tendo renda no Brasil, é possível conseguir um empréstimo bancário em Portugal. A documentação necessária é de fácil levantamento, como contracheques, extratos, comprovante do imposto de renda e situação de crédito do comprador.  

Apesar do processo não ser tão complicado, para quem busca ainda mais segurança, é possível encontrar serviços especializados nessa intermediação, como os da agência imobiliária Century 21 Nações. O consultor da empresa Maurício Perucci, que é brasileiro mas mora em Portugal há 4 anos, considera a sua experiência no país um diferencial na hora de ajudar os clientes: 

“Por viver e conhecer Portugal, vi que poderia ser uma peça-chave no apoio àqueles que desejam comprar imóveis fora do Brasil, seja para uma mudança de vida com a família ou como um investimento. O conhecimento do setor, as melhores oportunidades existentes, os caminhos a se tomar para a documentação, financiamentos e muito mais, são serviços que tenho a expertise para oferecer. Entender a realidade dos dois países e as nuances de cada mercado e cada consumidor gera credibilidade e confiança”, ressalta. 

Segundo ele, a aquisição em Euro torna o investimento ainda mais garantido, pois o comprador não fica à mercê das variações cambiais que existem no Brasil, levando em conta também a estabilidade política e, consequentemente, legislativa, do país europeu. Já os prazos para a quitação dos financiamentos são similares aos daqui, podendo chegar até 30 anos, dependendo da idade do cliente.

Aos interessados em comprar um imóvel à vista, o procedimento é ainda mais simples. O principal ponto é a comprovação da origem do dinheiro, visto que em Portugal existe uma legislação bastante rígida em relação ao branqueamento de capitais, mais conhecida como lavagem de dinheiro. Contudo, a transferência de dinheiro para o país é um processo simples, sem tributação de entrada.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Economia

Custo da construção civil no País subiu 2,17% em maio
Bolsonaro e ministro da Economia pedem para supermercados segurarem preços para conter inflação
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde