Quinta-feira, 02 de Dezembro de 2021

Home Economia Os quatro pecados do empreendedor: veja se você pratica algum deles

Compartilhe esta notícia:

Tudo que fazemos reflete de algum modo em outras áreas da nossa vida. E, para quem é empreendedor, vez ou outra você já deve ter cometido algum ato que não gostaria na gestão da sua empresa.

O problema é que, quanto cometidos em excesso, esses atos podem prejudicar a sua empresa como um todo, podendo levar desde o esgotamento mental até mesmo a falência do seu empreendimento.

Além disso, existe a possibilidade que o próprio gestor da empresa não perceba que pratica. Por isso, separamos para você os 4 pecados do empreendedor. Caso você se identifique, não perca tempo e mude seus hábitos, viu?

1) Falta de planejamento

Muitos empreendedores possuem o costume de “deixar as coisas acontecerem”. Mas essa falta de planejamento pode prejudicar e muito o rumo dos seus negócios.

E é muito comum encontrar empreendedores que não realizam um planejamento por medo de estar engessado a um objetivo em específico. Objetivos são flexíveis, por isso, sempre que achar importante mudar de direção, faça isso.

Ser um empreendedor envolve responsabilidades, então deixar com que o seu negócio corra sem um destino impedirá você de alcançar o protagonismo.

Nunca se esqueça que é fundamental traçar metas de curto, médio e longo prazo. Até porque, o sucesso do seu negócio depende disso.

2) Falta de organização

Seguindo o mesmo raciocínio da falta de planejamento, a desorganização também é um dos pecados do empreendedor. Principalmente quando esse ato acontece na área financeira do seu negócio.

Um dos primeiros passos que você precisa dar para que as finanças da sua empresa estejam organizadas é começar a separar as contas da pessoa física das contas da pessoa jurídica. São duas realidades distintas que você terá que aprender a diferenciar.

Usar o dinheiro do seu negócio para pagar contas da sua pessoa física pode prejudicar o seu fluxo de caixa. Nesse sentido, a organização é essencial para o empreendedor.

3) A forma como lida em períodos de prosperidade

Sim, a forma como você se comporta quando a empresa está bem financeiramente também pode ser considerada como um dos pecados do empreendedor.

Em primeiro lugar, vale lembrar que apesar de estar em um momento bom financeiramente, você precisa aprender a preservar a sua empresa. Esses momentos de glória não são eternos.

Então, se você é um empreendedor que tem o hábito de criar gastos que não estavam planejados no orçamento só porque aquele foi um período de prosperidade, saiba que você precisa cortar essas atitudes de imediato.

Períodos em que a empresa está bem no aspecto financeiro servem para montar uma reserva financeira e agir com equilíbrio na hora de criar contas novas.

4) Uso do cartão de crédito

Por último, mas não menos importante, temos o uso indiscriminado do cartão de crédito. E esse é considerado talvez o principal vilão entre todos os outros pecados do empreendedor.

Usar o cartão de crédito para todas as compras não faz bem. Ele pode acabar com o capital de giro do seu negócio e prejudicar o andamento de outras despesas importantes.

Sendo assim, o uso do cartão de crédito só é liberado para expansão de vendas e otimização operacional. Se você não estiver utilizando o cartão de crédito apenas nessas duas situações, isso significa que sua gestão financeira não vai muito bem.

Caso você tenha se identificado com algum desses 4 pecados do empreendedor, é hora de rever seus hábitos e melhorar sua gestão.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Economia

Entenda o que se sabe sobre as caixas misteriosas de navio nazista encontradas no litoral nordestino
Após acordo, greve de funcionários de Hollywood é desmarcada
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Madrugada