Sábado, 20 de Julho de 2024

Home Colunistas PCC nas secretarias

Compartilhe esta notícia:

O PCC avança na compra de postos de combustíveis em São Paulo, Bahia e Ceará, para lavar seu dinheiro, já sabe a Polícia paulista e os Ministérios Públicos dos Estados. A pior parte do plano é que os criminosos têm “comprado secretarias” de prefeituras bancando campanhas dos eleitos. Funciona assim: a facção banca campanhas de potenciais candidatos em grandes municípios do interior, com caixa dois, e uma vez eleito, o prefeito entrega a indicado dos criminosos (em todos os casos um “ficha limpa”, sem passagem pela polícia) as secretarias de interesses deles para fazerem negócios e recuperarem dinheiro para a facção.

Doleiro & prefeitos

Pelo menos 14 prefeitos e vereadores foram flagrados por um contato da Coluna numa boate de garotas de programa em Brasília na noite da Marcha dos Prefeitos. O lugar é frequentado por lobistas e “consultores” de municípios. Uma figura chamou a atenção: Trata-se de um doleiro famoso da capital, já preso em diferentes operações da PF. Apesar de ser um senhor, figurava vestido como um jovem playboy.

PS & PP

É a dupla do momento: Povo sofre & Povo paga. Passadas as festas juninas e julhinas, conselheiros entendedores do assunto, em vários Tribunais de Contas dos Estados, vão se debruçar sobre contratos de sertanejos com prefeitos que tentarão a reeleição. Espetáculos custam entre R$ 500 mil e R$ 1,2 milhão o show.

Iates da Amazônia

Não é a Marina da Glória, no Rio de Janeiro, nem Angra dos Reis tampouco Recife. A melhor frota de iates do Brasil – que valem centenas de milhões de reais – está ancorada em Manaus, conta um entendedor do assunto que viu de perto. As embarcações, construídas na cidade, são de mais de 100 pés e navegam silenciosas no Rio Negro.

É dos índios!

Causaram um efeito imediato em especulações de grileiros e “corretores” os dois decretos de Lula da Silva que homologaram milhares de hectares de terras indígenas na Bahia (Pataxó) e Mato Grosso (Karajá). São de aldeias em Arraial D’Ajuda (BA) e no Nordeste do Mato Grosso, respectivamente.

Alento na serra

Ainda em reconstrução lenta após as tragédias das enchentes e deslizamentos de mais de ano, a bela Petrópolis, na serra do Rio de Janeiro, ganhou um alento do presidente, chamativo para o turismo. A lei 14.868, sancionada semana passada, concedeu à cidade o título de “Berço Imperial da Cerveja”.

(Com Walmor Parente, Carol Purificação, Isabele Mendes e Luiza Melo)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Colunistas

Deputado Marcus Vinícius denuncia ao TCU irregularidades na importação bilionária de arroz
A importância do facilitador de diálogos em conflitos condominiais diante da enchente no RS
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa News