Terça-feira, 05 de Julho de 2022

Home Flávio Pereira Petrobras arranca o couro “dos brasileiros” e lucra mais que petroleira chinesa

Compartilhe esta notícia:

Ontem, o presidente Jair Bolsonaro, ao conversar com apoiadores na saída do Palácio da Alvorada, voltou ao tema do lucro desproporcional da Petrobras, empresa que hoje nada tem a ver com os brasileiros. A serviço de grandes fundos de pensão dos EUA e de acionistas estrangeiros que invadiram a empresa nos governos do ex-presidiário Lula, a Petrobras tem obtido lucro desproporcional, se comparado com o seu faturamento. A Petrobras lucra cerca de 10% do seu faturamento. O jornalista Claudio Humberto traz uma luz ao descalabro: o lucro é obtido à custa do sacrifício dos brasileiros, que sofrem com o aumento dos combustíveis e sofrem com o aumento da inflação gerada por esses reajustes. Um exemplo: a PetroChina, estatal chinesa, faturou US$ 443,4 bilhões em 2021, e lucrou US$ 5,7 bilhões até agora, este ano, o que representa 1,28% do faturamento anual. Enquanto isso, a Petrobras faturou US$ 83,9 bilhões em 2021, lucrou US$ 8,8 bilhões, 10,5% do que arrecadou. Ou seja, a Petrobras teve lucro de US$ 3,1 bilhões superior à estatal da China.

Demora na votação do projeto da RRF impede reajuste dos servidores

A demora da Assembleia Legislativa em votar o projeto que cria o teto de gastos, necessário para a adesão ao Regime de Recuperação Fiscal, tranca a pauta e impede a redação final do projeto que concede reajuste de 6% aos servidores, 1% a partir de janeiro e 5% a partir de abril. A previsão é de que hoje a Assembleia vote o projeto, que vem sendo adiado pela falta de votos das bancadas que integram a base.

Visita de Ciro Gomes pode apressar acordo com PSB e PSD

A visita do presidenciável Ciro Gomes, pré-candidato do PDT, ao Estado nesta quarta-feira poderá apressar o entendimento para uma coligação local com o pré-candidato ao Governo do Estado, Beto Albuquerque, do PSB. Nessa composição, o PDT indicaria o vice, o ex-reitor da Universidade Federal de Santa Maria Paulo Burmann, e o PSD indicaria Ana Amélia como candidata ao Senado.

STJ decide quanto à imunidade do advogado

O ministro gaúcho Paulo de Tarso Sanseverino foi o relator da decisão tomada pela Terceira Turma do Superior Tribunal de Justiça que apontou que, embora o artigo 133 da Constituição disponha que o advogado é inviolável por seus atos e manifestações no exercício da profissão, a imunidade penal do advogado é um instrumento jurídico para assegurar a boa defesa do representado, e os excessos cometidos pelo advogado não são cobertos pela imunidade profissional. Decidiu o STF que, em tese, é possível a responsabilização civil ou penal do advogado pelos danos que provocar no exercício da atividade.

Rio Grande do Sul e Pelotas: recorde de óbitos por covid

Ao rebater um comentário do professor de educação física Pedro Hallal (principal guru do ex-governador Eduardo Leite no enfrentamento da pandemia no Estado), sobre o número de óbitos por covid no Brasil, o médico e ex-ministro Osmar Terra mostrou ontem que os números não ajudam ao seu crítico:

“Pois é… ficou sob o comando dos governadores e prefeitos. E no Estado e município que o Pedro Hallal mais influenciou, Rio Grande do Sul e Pelotas a mortalidade foi bem maior que a do Brasil. E ele ainda não nos explicou por quê!!”.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Flávio Pereira

Ciro Gomes prevê renúncia de Lula e vê espaço para avançar
Segurança do sistema eletrônico de votação: desembargador Jorge Dall’Agnol encaminha nota à coluna
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Madrugada