Sábado, 02 de Março de 2024

Home Brasil Pilotos e comissários recebem nova proposta das empresas para encerrar greve

Compartilhe esta notícia:

O Sindicato Nacional dos Aeronautas (SNA) se reuniu com o Tribunal Superior do Trabalho (TST), em Brasília, durante a tarde dessa quinta-feira (22), quando as empresas aéreas ofereceram um reajuste dos salários fixos e variáveis em 100% do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), mais aumento real de 1% sobre diárias nacionais, piso salarial, seguro, multa por descumprimento da convenção e vale-alimentação.

Os reajustes não incidem sobre diárias internacionais, que são pagas em dólares, euros ou libras.

A paralisação dos aeronautas começou na última segunda-feira (19). Eles pedem 5% de ganho real e, na semana passada, as empresas haviam oferecido 0,5% de ganho real.

A falta de um acordo preocupa os passageiros que têm viagens marcadas para o Natal. Aeronautas são todos os profissionais que exercem atividade no interior de uma aeronave, como o comandante (piloto), co-piloto, comissário de bordo, mecânico de voo, navegador e radioperador de voo.

A paralisação afeta os aeroportos de São Paulo, Rio de Janeiro, Campinas, Porto Alegre, Brasília, Belo Horizonte e Fortaleza.

Entenda a paralisação

1) Quais funcionários estão em greve? Profissionais que exercem atividades relacionadas diretamente à aeronave, como comandante (piloto), co-piloto, comissário de bordo, mecânico de voo, navegador e radioperador de voo.

2) Todos os aeronautas estão paralisados? Não. Apenas 10% dos trabalhadores ficam paralisados de cada vez. As atividades ficam interrompidas por duas horas, das 6h às 8h.

3) O que os trabalhadores reivindicam? A categoria cobra reajuste salarial e melhores condições de trabalho.

4) O TST determinou a manutenção de 90% dos aeronautas em serviço durante o período de greve, sob pena de multa diária no valor de R$ 200 mil.

5) O que dizem as empresas aéreas:

A Azul disse desde o início da semana que não iria se manifestar sobre a greve;
A Latam informou que a operação continua normal, com apenas alguns impactos pontuais. A companhia aérea recomenda que os clientes consultem os canais de informação para verificar o status do voo.

A Gol disse que todos os voos previstos estão sendo operados e apenas alguns sofreram atrasos. A empresa também pede que os clientes chequem o status do voo com antecedência.

Greve

A categoria cobra melhores condições de trabalho, além de reajustes salariais. No domingo (18), os aeronautas rejeitaram a proposta para a renovação da Convenção Coletiva de Trabalho 2022/2023.

A proposta recusada pelos trabalhadores oferecia: 100% INPC nos salários fixos e variáveis + 0,5% de aumento real, a incidir sobre diárias nacionais, piso salarial, seguro, multa por descumprimento da convenção e vale alimentação.

Segundo o Sindicato Nacional dos Aeronautas, 76,43% votaram contra a proposta, 22,91% foram favoráveis, e 0,66% se abstiveram. Participaram da assembleia online 5.767 votantes.

A nova proposta oferece: Reajuste dos salários fixos e variáveis em 100% do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), mais aumento real de 1% sobre diárias nacionais, piso salarial, seguro, multa por descumprimento da convenção e vale-alimentação.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Novo governo: em aceno a empresários e investidores, Aloizio Mercadante anuncia nomes do mercado para a diretoria do BNDES
Lula deve retirar seis empresas estatais da lista de privatizações; saiba quais são
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde