Segunda-feira, 16 de Maio de 2022

Home Rio Grande do Sul Polícia Civil e Brigada Militar fazem ação conjunta contra roubos a bancos no Estado

Compartilhe esta notícia:

Na madrugada desta sexta-feira (4), a Polícia Civil e a Brigada Militar atuaram em conjunto na promoção de ações ostensivas para a repressão e prevenção das ocorrências de roubos a estabelecimentos comerciais no Estado. Foram cumpridas duas prisões temporárias e cinco ordens de busca e apreensão nas cidades de Canoas, Novo Hamburgo e Alvorada. Restaram apreendidos diversos documentos, dispositivos celulares, veículos, armas de fogo e munições e vestimentas com os emblemas e inscrições da Polícia Civil que eram utilizadas nas ações criminosas. Foram localizados, ainda, uniformes de uma empresa de vigilância.

A integração entre as instituições se deu por meio da 1ª Delegacia de Polícia de Repressão a Roubos (1ª DR) do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) e da Agência Central de Inteligência e Corregedoria da Brigada Militar e resultou na deflagração de duas operações policiais, nomeadas distintamente por cada uma das corporações: Operação Bartolomeu (PC-RS) e Operação Angico (BM). A ação integrada envolveu a execução de prisões temporárias e de buscas e apreensões cautelares de natureza probatória.

As medidas cautelares decorrem de investigação criminal relacionada à prática de crime de roubo à uma agência bancária do Itaú, ocorrido na cidade de Novo Hamburgo em 3 de novembro de 2021, na Avenida Bartolomeu de Gusmão (logradouro de onde derivou o nome para a operação da PC-RS).

No mesmo dia houve a prisão de um dos alvos das investigações, um homem de 56 anos capturado em flagrante, logo após sair dessa agência do Banco Itaú. Uma guarnição do Canil da Brigada Militar, que passava pelo local, foi acionada, tendo os policiais executado a prisão. Com o preso foi apreendida uma pistola, o revólver subtraído da instituição bancária e parte do valor. A ação penal sobre este fato está em fase de julgamento pelo Poder Judiciário do Foro da Comarca de Novo Hamburgo.

Destaca-se que esse mesmo criminoso já vinha sendo investigado, por ter liderado a ação criminosa ocorrida em Alvorada no dia 9 de junho de 2021. Trata-se um criminoso com vasta ficha de antecedentes policiais, condenado por crimes ocorridos há mais de década. Contra ele foi cumprido mais um mandado de prisão preventiva.

As investigações foram intensificadas e foi possível reunir indícios de participação de outros dois homens, os quais são indicados como autores imediatos do fato, ou seja, de fato entraram no banco e tentaram subtrair valores. No contexto, acabaram conseguindo fugir no dia. Contra eles, houve a decretação de prisões temporárias, por 30 dias, e ambos foram capturados na cidade de Canoas.

Surgiram indícios, ainda, da participação de um policial militar da ativa que, atualmente, exerceria suas funções na cidade de Novo Hamburgo. Por tal razão, a Corregedoria da Brigada Militar participou das buscas, realizadas no imóvel do investigado. No local, foi encontrado um dos aparelhos celulares descobertos durante a ação criminosa, ratificando a suspeita do seu efetivo envolvimento. Ainda foram encontradas munições e armas de fogo, cujas providências serão adotadas pela Brigada Miliar, em sede de Polícia Judiciária Militar.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

Hospital de Clínicas de Porto Alegre realiza primeiro transplante duplo de coração e rim do Rio Grande do Sul
Depois de expulsar russos, Jogos Paralímpicos de Inverno começam nesta sexta
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde